Pedro Sánchez candidata-se a presidente da Internacional Socialista

  • Lusa
  • 22 Setembro 2022

"A social-democracia é a única alternativa viável tanto ao individualismo da ordem neoliberal como ao regresso dos extremismos", disse o presidente do governo espanhol quando anunciou a candidatura.

O líder do partido socialista espanhol (PSOE) e do Governo de Espanha, Pedro Sánchez, anunciou esta quinta-feira que é candidato a presidente da Internacional Socialista, cujo próximo congresso se realiza em Madrid, entre 24 e 27 de novembro. Pedro Sánchez fez o anúncio em Nova Iorque, durante uma reunião do “Presidium” (a direção) da Internacional Socialista, segundo um comunicado divulgado pelo PSOE.

“Acabo de anunciar a minha intenção de apresentar a minha candidatura a liderar a Internacional Socialista. Somos nós, os sociais-democratas, que temos apostado sempre por avançar, por conquistar novos direitos e liberdades e vamos continuar a fazê-lo. Juntos, juntas e com forças renovadas”, escreveu a seguir o próprio líder dos socialistas espanhóis na sua conta na rede social Twitter.

Segundo o comunicado divulgado pelo PSOE, Pedro Sánchez disse na reunião em Nova Iorque aspirar a contribuir com a sua experiência para “iniciar um novo tempo” na organização e prosseguir com o legado deixado por líderes anteriores, como o alemão Willy Brandt, o francês Pierre Mauroy “ou o atual secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres”.

“A social-democracia é a única alternativa viável tanto ao individualismo da ordem neoliberal como ao regresso dos extremismos”, afirmou Sánchez, citado no comunicado do PSOE. Segundo a mesma nota, o líder do Partido Socialista português, e primeiro-ministro de Portugal, António Costa, apoiou no encontro de Nova Iorque as propostas de Pedro Sánchez, “como o reforço necessário” da Internacional Socialista “e a necessidade de encarar os desafios atuais que enfrentam os partidos progressistas que a integram”.

A Internacional Socialista é uma organização que reúne partidos social-democratas, socialistas e trabalhistas de todo o mundo, agrupando atualmente 132 forças políticas de todos os continentes, segundo a informação disponível na sua página na internet. O grego George Papandreou é o atual presidente da Internacional Socialista e o chileno Luis Ayala é o secretário-geral.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Pedro Sánchez candidata-se a presidente da Internacional Socialista

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião