Webinar: “E agora 2023? O que esperar do mercado de trabalho?” Assista aqui

  • Pessoas
  • 28 Novembro 2022

Depois de um ano de "guerra do talento" e de necessidade da retenção desse mesmo talento, o que se pode esperar do mercado de trabalho em 2023? Conheça a opinião de especialistas em debate.

2022 foi o ano da ‘guerra do talento’. Mas o que se pode, então, esperar na área de recrutamento para 2023? Este é o mote do webinar E agora 2023? O que esperar do mercado de trabalho?”, organizado pela Pessoas em parceria com a Multipessoal, que pretende antecipar os desafios e as oportunidades que se podem esperar na área dos recursos humanos no próximo ano.

A webtalk reuniu três especialistas em recursos humanos — Ana Rita Lopes, diretora de recursos humanos do Grupo Nabeiro, Marco Arroz, national senior manager de recrutamento e seleção especializado da Multipessoal, e Paulo Bastos, diretor de recursos humanos do grupo Simoldes — que irão debater sobre as aprendizagens retiradas de 2022 e as estratégias a pôr em prática no futuro. A conversa será moderada por Ana Marcela, diretora executiva da Pessoas.

Além do tema do recrutamento, foram ainda abordadas questões como o impacto que a inflação e a quebra de rendimentos de 2022 irão ter em 2023, os modelos trabalho e como responder à flexibilidade exigida pelo talento e, ainda, o piloto da semana de quatro dias de trabalho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Webinar: “E agora 2023? O que esperar do mercado de trabalho?” Assista aqui

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião