PS responde a Montenegro: “Parlamento está preparado para votar” proposta da eutanásia

  • Mariana Tiago
  • 5 Dezembro 2022

O PSD apelou à realização de um referendo à eutanásia. Brilhante Dias diz que proposta demonstra um “seguidismo da extrema-direita” e afirma que o Parlamento está pronto para votar.

O líder parlamentar do Partido Socialista avançou esta segunda-feira que o partido está disponível para votar a proposta da eutanásia esta semana. Em resposta à proposta do PSD, Eurico Brilhante Dias defende que este é o momento de o Parlamento tomar uma decisão.

Segundo o socialista, “o processo da morte medicamente assistida é um processo muito duro, que já atravessa três legislaturas”, sendo que a votação em comissão já foi três vezes adiada devido à necessidade de “pequenos afinamentos de texto”. Agora, o partido com maior assento parlamentar, afirma que aquilo que vai a votos é “um documento de consenso”, que começou por ser discutido em 2015, há sete anos.

Este é o momento de o Parlamento, com a sua voz, tomar uma posição e responder aos portugueses, que esperam que os políticos deem uma resposta para problemas concretos”, afirmou Brilhante Dias em declarações à comunicação social.

Após o adiamento da votação da eutanásia na especialidade na última semana, o socialista esclareceu: “Não vemos razão para que a votação não suceda [esta semana]. O PS está disponível na quarta-feira para fazer a votação do texto”.

No entanto, o PSD discorda. “As opiniões sobre a morte medicamente assistida dividem-se de forma tão profundamente díspar e antagónica, o que é bem demonstrativo da inexistência de qualquer consenso generalizado na nossa sociedade”, lê-se no comunicado do partido.

PS fala em “fogacho político” do PSD

Para Brilhante Dias, o projeto de resolução do PSD é simplesmente um “pequeno fogacho político”, que demonstra a existência de um “seguidismo da extrema-direita”, sendo que “não credibiliza a política e, em particular, não credibiliza o maior partido da oposição”.

No comunicado do projeto, o partido de Luís Montenegro argumenta que a eutanásia continua a ser “um tema deveras fraturante”, sendo que os debates sobre o tema “têm revelado que este assunto está longe de ser pacífico e consensual” entre os portugueses. Face ao afirmado, Eurico Brilhante Dias admitiu estar “um pouco surpreendido”.

“O Dr. Luís Montenegro vai fazendo o seu périplo pelo país. Mas propostas concretas que melhorem as vidas dos portugueses, poucas ou nenhumas [são apresentadas]”, afirmou o líder parlamentar socialista. Quanto a um possível referendo em 2024, “é o referendo da regionalização”, rematou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PS responde a Montenegro: “Parlamento está preparado para votar” proposta da eutanásia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião