Galp vai “resolver com o Estado” alargamento do mercado regulado de gás

A Galp volta a opor-se à decisão do Governo de as famílias poderem regressar ao mercado regulado de gás natural, para protegerem-se de tarifas mais altas. Tema será resolvido com o Estado, diz CEO.

O CEO da Galp GALP 2,81% , Filipe Silva, reiterou as queixas do seu antecessor, Andy Brown, à medida do Governo para aliviar os preços do gás às famílias portuguesas, através do acesso alargado ao mercado regulado.

Para o gestor, “todos os consumidores tiveram direito a um preço altamente descontado”, o que é “altamente discriminatório” do ponto de vista concorrencial, apontou Filipe Silva. “É uma questão que vamos ter de resolver com o Estado português. Não estamos contentes”, afirmou.

Estas declarações foram proferidas na conferência A nova energia verde, organizada pela CNN Portugal, na qual o CEO da Galp foi orador. Filipe Silva sublinhou que o maior consumo energético dos portugueses continua a ser ao nível dos combustíveis fósseis e que “não há produto mais taxado em Portugal do que” estes.

Confrontado com a possibilidade de baixar as margens sobre os combustíveis, depois de ter assumido que “as margens têm sido boas” nos últimos dois anos, o CEO da Galp respondeu remetendo para as ofertas cruzadas da Galp (pacotes que incluem combustíveis, painéis solares e gás, por exemplo), que são mais baratas que os preços individualizados na estação de serviço. Defendeu-se também, apontando uma “concorrência super agressiva” com preços diferenciados.

Não há produto mais taxado em Portugal do que os combustíveis fósseis.

Filipe Silva

CEO da Galp Energia

Offshore? Só com preços atrativos

A Galp “vai precisar de muito mais eletricidade verde para além da que já tem”, e é nesse sentido que, tal como já tinha sido anunciado, está atenta ao concurso para instalar capacidade eólica offshore.

Depois do fracasso de um leilão semelhante em Londres, que ficou vazio, o líder da Galp avisou que, “se o Governo quer um concurso com vários candidatos, tem de garantir um preço mais caro do que hoje temos no mercado aberto“.

O líder da EDP, Miguel Stilwell de Andrade, reiterou o interesse em avaliar a participação no concurso, uma decisão também dependente do caderno de encargos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Galp vai “resolver com o Estado” alargamento do mercado regulado de gás

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião