EDP sobe mais de 4% em bolsa após resultados acima do esperado e revisão de metas

O momento positivo nos mercados acontece após a apresentação de resultados de ambas as cotadas do grupo EDP, divulgados esta quinta-feira, e a revisão das metas para o triénio que termina em 2026.

Os títulos da EDP EDPR 0,22% estão a subir mais de 4% em bolsa, depois de a elétrica portuguesa ter apresentado os resultados do primeiro trimestre e ter revisto as metas até 2026.

No final desta manhã, a EDP valorizava 4,38% para os 3,86 euros e a EDP Renováveis EDPR 0,22% somava 2,37% para os 14,69 euros.

O momento positivo nos mercados acontece após a apresentação de resultados de ambas as cotadas, divulgados esta quinta-feira, e a revisão das metas para o triénio que termina em 2026.

A EDP publicou o balanço do primeiro trimestre já após o fecho da sessão bolsista de quinta-feira, registando uma subida de 17% para os 354 milhões de euros. Os resultados do primeiro trimestre superaram as expectativas dos analistas em 11,7%, já que o consenso apontava para os 317 milhões de euros.

Esta sexta-feira, no início da manhã, a equipa de gestão executiva reuniu-se com analistas, através de uma chamada telefónica, para prestar contas sobre os resultados. Nesta ocasião, revisitou também as perspetivas até 2026, reduzindo as metas avançadas em março do ano passado, no Capital Markets Day. O investimento, que a EDP esperava chegar aos 25 mil milhões entre 2023 e 2026, reduz-se em 2 mil milhões. Entre 2024 e 2026, a empresa espera investir um total de 17 mil milhões de euros.

Na ótica da casa de investimento RBC, a revisão do valor da dívida líquida, que a EDP espera fixar nos 16 mil milhões em 2026 — ao invés dos anteriormente perspetivados 17 mil milhões –, “deverá agradar ao mercado“. Isto, uma vez que a descida é paralela à obtenção de “receitas semelhantes”, defende a mesma entidade. No que toca às receitas, a perspetiva é que em 2026 se situem entre 1,2 e 1,3 mil milhões de euros, quando, anteriormente, a EDP colocava a fasquia nos 1,4 a 1,5 mil milhões de euros.

Já o Bestinver realça que o corte nas perspetivas está relacionado com o negócio de renováveis, mas acredita que este fator já havia sido descontado pelo mercado.

A Reuters realça que a EDP se posicionou, esta sexta-feira, entre as cotadas com maiores subidas do índice que agrega as maiores cotadas europeias, o Stoxx 600. Pelas 12h30, ocupava o 11.º lugar deste ranking. Se o desempenho se mantiver, a ação da EDP poderá fechar o seu melhor dia em 16 meses.

EDPR: atualização recebida “com agrado”

Surpresas semelhantes registaram-se no dia anterior em relação à EDP Renováveis, já que esta cotada prestou contas aos investidores antes da abertura do mercado e revisitou as metas durante a tarde. A EDP Renováveis lucrou 68 milhões no primeiro trimestre do ano e, segundo a Reuters, o consenso dos analistas apontava, em média, para um lucro de 65,7 milhões de euros.

A EDPR (na qual e EDP tem uma participação de 71,27%%) vai investir (em termos líquidos, financiado por fluxo de caixa e dívida líquida) 4 mil milhões de euros entre 2024 e 2026, menos 3 mil milhões do que no anterior plano (apresentado em março de 2023).

Os analistas do Goldman Sachs acreditam que “o mercado acolherá com agrado esta atualização estratégica, uma vez que redefine os objetivos operacionais e financeiros, se concentra em projetos de maior retorno e é maioritariamente autofinanciada”.

“Os novos objetivos implicam, em nossa opinião, uma redefinição significativa dos objetivos operacionais e financeiros, o que deverá eliminar um das principais pesos sobre as ações”, sublinharam.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP sobe mais de 4% em bolsa após resultados acima do esperado e revisão de metas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião