“É um imperativo requalificar os trabalhadores para o digital”, defende CEO da Salesforce para a Europa do Sulpremium

Denis Terrien, vice-presidente executivo da Salesforce, considera um "imperativo" preparar os trabalhadores para o digital. A companhia estima criar 20 mil postos de trabalho.

Denis Terrien acredita que o capitalismo dever ser orientado para todas as partes interessadas e não apenas para os acionistas, o chamado stakeholdercapitalism, e que são os negócios que têm a capacidade para fazer a maior mudança. Uma delas, que considera "um imperativo", é a "requalificação dos trabalhadores para o digital". A Salesforce estima criar 20 mil postos de trabalho nos próximos três a quatro anos.É vice-presidente executivo e CEO para a Europa do Sul, Médio Oriente e África da gigante norte-americana de softwarepara gestão da relação com clientes (CRM) fundada em 1999 por Marc Benioff e que tem hoje mais de 70 mil empregados em todo o mundo, receitas superiores a 26 mil milhões de dólares e uma capitalização bolsista de 170 mil milhões de dólares. O impacto da inflação

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos