Em Portugal, investidores também estão no Reddit. “Tem sido um desafio tremendo controlar a euforia”

O caso GameStop começou num fórum nos EUA, mas não passou ao lado do Reddit em Portugal. Ao ECO, o moderador do fórum de literacia financeira relata a "loucura" de novos seguidores.

Foi na rede social Reddit que um grupo de investidores nos EUA delineou o que viria a ser um fenómeno nos mercados financeiros. Em poucos dias levaram a ação da retalhista de videojogos GameStop a disparar de valor e abriram uma “guerra” com os grandes fundos de Wall Street, que acumulavam perdas à medida que as valorizações engordavam. O caso não passou ao lado de Portugal, com muitos investidores a procurarem corretoras e bancos para participar, mas também no Reddit houve repercussões.

Apesar de os 9,5 mil utilizadores do português r/literaciafinanceira não se compararem aos 8,5 milhões do norte-americano r/wallstreetbets, o fórum assistiu a um aumento superior a 70% nas visualizações e de 21% nos subscritores. Em entrevista ao ECO, o co-moderador Pedro Brito fala numa “loucura” que foi até difícil de “controlar” e que considera estar relacionada com medo de ficar de fora. O gestor de 36 anos alerta, no entanto, para os riscos da generalização das redes sociais como fonte de informação sobre investimentos, especialmente para um público jovem.

Modera o fórum de literacia financeira. De forma estão a acompanhar o que se está a passar com a GameStop?

Enquanto investidor, passa-me completamente ao lado. A minha filosofia de investimento a longo prazo, de forma simples, automatizada e diversificada, permite-me observar esta volatilidade de curto prazo enquanto mero espetador.

Enquanto moderador, tal como a restante equipa, tem sido um desafio tremendo para controlar a euforia que se alastrou por todo o Reddit e pela sociedade em geral, atingindo mesmo aqueles que nunca investiram ou estiveram previamente expostos à bolsa de valores. O nosso foco tem estado nesse grupo, com pouco conhecimento acerca do risco deste tipo de investimento e temos tido a preocupação de manter o equilíbrio entre a diversão e a literacia financeira.

"Na minha opinião é apenas uma tática colorida de esconder a real intenção de grande parte dos participantes: o lucro rápido e fácil.”

Pedro Brito

Moderador do fórum r/literaciafinanceira

Como se explica este fenómeno?

O que está a acontecer é simples, à medida que mais investidores tiverem conhecimento do histórico recente de ações como a GameStop, a procura pelas mesmas irá aumentar, independente do desempenho dos seus negócios. O que é, naturalmente, pouco razoável, fruto da ganância e da guerra aberta entre o investidor comum e os poderosos fundos de Wall Street. Eventualmente a loucura vai passar, uma das partes vai ceder e os preços vão descer, o que parece estar já a acontecer. Resta ainda saber qual será o verdadeiro prejuízo dos fundos que apostavam na queda da GameStop, o seu impacto global nos mercados e nos investidores de retalho que irão perder grande parte do seu dinheiro.

Fala-se também que esta é uma batalha contra Wall Street, mas na minha opinião é apenas uma tática colorida de esconder a real intenção de grande parte dos participantes: o lucro rápido e fácil. Entre aqueles que entraram cedo e esperam que o preço da ação “chegue à lua” (como referem) e os que entraram tarde demais e observaram a forte queda da GameStop nos últimos dias, a minha previsão é que, entre grandes lucros e prejuízos, muitos jogadores sairão frustrados desta “guerra”.

Pedro Brito, de 36 anos, é gestor de empresas em Aveiro e co-moderador do subreddit r/literaciafinanceira. (DR)

Considera que um fenómeno como o da GameStop poderia acontecer em Portugal? Porquê?

Não creio, a bolsa portuguesa não atrai atenção ou volume suficiente para tal. O fenómeno GameStop, embora não seja o único caso — nem o mais extraordinário — de short squeeze na história dos mercados financeiros, foi certamente o mais mediático. Foi uma ação concertada que teve origem no subreddit r/wallstreetbets que na altura contava com pouco mais de 2 milhões de subscritores, hoje são 8,5 milhões graças à atenção que receberam.

Em termos técnicos, o que permitiu esta escalada da GameStop foi o facto de um utilizador do r/wallstreetbets ter descoberto a grande quantidade de posições curtas contra a empresa. Essas posições excediam o número de ações disponíveis no mercado, levando assim ao sufoco dos hedge funds que apostavam na sua queda e à escalada do preço das suas ações. Normalmente não faço análise individual de empresas, mas diria que algo do género muito dificilmente aconteceria em Portugal, nem suscitaria interesse suficiente para mobilizar grandes movimentações do mercado.

"A bolsa portuguesa não atrai atenção ou volume suficiente para tal. O fenómeno GameStop, embora não seja o único caso — nem o mais extraordinário — de short squeeze na história dos mercados financeiros, foi certamente o mais mediático. Diria que algo do género muito dificilmente aconteceria em Portugal, nem suscitaria interesse suficiente para mobilizar grandes movimentações do mercado.”

Pedro Brito

Moderador do fórum r/literaciafinanceira

Qual a reação dos participantes do r/literaciafinanceira? Houve novos investidores a procurar-vos?

Tem sido uma loucura para a comunidade em geral e para nós, moderadores, em particular. Acho que não há melhor forma de expressar o que atravessamos do que partilhando alguns dados. Em janeiro deste ano tivemos um aumento superior a 70% em termos de visualizações e um acréscimo de 21% de subscritores, face a dezembro do ano passado. Estes números representam o dobro da média do nosso crescimento mensal em 2020.

Mais expressivo ainda é o peso que os últimos dias de janeiro, desde o início da “guerra”, tiveram neste crescimento: as visualizações duplicaram e a média diária de novos subscritores saltou de 55 para 185 e não vemos sinal de abrandamento, antes pelo contrário. Temos atualmente 9.500 subscritores e o ritmo de crescimento mantém-se acentuado o que realça a importância do Reddit no mundo dos investimentos e finanças pessoais, assim como o reconhecimento do trabalho que temos vindo a realizar em pouco mais de um ano.

A partir do momento em que a cotação das ações da GameStop disparou e a loucura do r/wallstreetbets contagiou o resto do Reddit, percebemos imediatamente que o nosso trabalho, enquanto moderadores, iria ficar muito mais complicado. À medida que iam sendo criados inúmeros tópicos sobre este assunto na comunidade, tivemos que decidir rapidamente qual a melhor forma de conter este frenesim.

Como lidaram com essa explosão na procura?

Acabamos por tomar a decisão mais sensata e democrática ao permitir, de forma controlada, esta euforia. Abrimos um tópico centralizado, conhecido como Megathread em linguagem de Reddit, para discussão exclusiva do tema quente do momento. Esta estratégia permitiu-nos moderar a comunidade de forma mais eficaz e que, sobretudo, poupasse o nosso tempo e sanidade mental.

Não queremos adotar uma estratégia paternalista para com os nossos membros. No entanto, entendo que é nossa responsabilidade a proteção dos membros que não estão devidamente informados acerca do risco que correm em investimentos altamente especulativos. Decorrem atualmente várias táticas de valorização artificial de ações, vulgarmente conhecidas como pump and dump, sobretudo de criptomoedas, e o nosso papel passa por tornar isso óbvio aos utilizadores com menos experiência, agindo de uma forma educativa.

"Decorrem atualmente várias táticas de valorização artificial de ações, vulgarmente conhecidas como pump and dump, sobretudo de criptomoedas, e o nosso papel passa por tornar isso óbvio aos utilizadores com menos experiência, agindo de uma forma educativa.”

Pedro Brito

Moderador do fórum r/literaciafinanceira

Quanto aos outros, aqueles que têm noção do risco que correm nas suas apostas especulativas, não tenho nada contra, embora não me reveja nesse tipo de investimento. Enquanto moderador, é importante saber atuar com o devido afastamento, consoante as regras da comunidade e não as minhas opiniões pessoais.

Diz que o r/literaciafinanceira e o r/wallstreetbets são opostos. De que forma?

Embora abordem o mesmo tema, o r/literaciafinanceira é o total oposto do r/wallstreetbets, mas isso não é necessariamente mau. São comunidades totalmente diferentes e é bom que haja espaço para coexistirem. O nosso fórum foca-se, tal como o nome indica, no ensino da literacia financeira através da partilha de conhecimento e da organização de eventos como a oportunidade para a comunidade colocar questões a grandes personalidades da área.

O r/wallstreetbets é uma comunidade que não se leva muito a sério, carregada de humor e partilha de memes em que os seus membros usam instrumentos de alto risco, como alavancagem, com resultados extremos entre lucros astronómicos e dívidas avultadas. Quem lá entra sabe para o que vai e é bom que assim seja. Há quem goste deste tipo de apostas e acho que deve haver lugar para elas, desde que os seus membros tenham completa noção dos riscos que correm.

Como é que as redes sociais estão a influenciar ou a mudar os mercados financeiros? São uma oportunidade para captar o interesse de gerações mais jovens?

Desde que abracei o projeto r/literaciafinanceira, em janeiro de 2020, tenho vindo a defender a importância do Reddit nos mercados financeiros. Noto um pouco por todas as redes sociais um interesse cada vez maior nos mercados financeiros, principalmente nas gerações mais jovens. Entre a grande crise dos mercados financeiros em 2008 e o resgate da troika em 2011, as gerações mais novas cresceram com grandes restrições financeiras e muitos assistiram os pais a perderem os seus empregos.

Com estas dificuldades, noto que os jovens têm um interesse cada vez maior em poupar e investir, para criarem uma almofada financeira para o seu futuro e para não cometerem os erros de gerações anteriores. Continua a existir uma forte aversão ao risco fruto de alguma desconfiança no sistema bancário e da forte iliteracia financeira que ainda existe em Portugal. No entanto, comunidades como a nossa têm vindo a lutar contra esse estigma.

"Há indivíduos que vendem sonhos através da ostentação de um estilo de vida artificial de grandes luxos de modo a atrair, sobretudo jovens, para mercados financeiros de grande risco e altamente voláteis (sobretudo Forex) de modo a lucrarem através de comissões e venda de cursos de qualidade duvidosa.”

Pedro Brito

Moderador do fórum r/literaciafinanceira

Mas isso não traz riscos acrescidos (nomeadamente junto desse público jovem)?

Hoje em dia e principalmente os mais jovens, por norma mais influenciáveis, procuram as redes sociais para obter conselhos que julgam serem imparciais e partilhados com o intuito de os ajudarem. No entanto, nem sempre é assim e existem grandes perigos nas redes sociais, exponenciados por eventos como o que verificamos atualmente com a GameStop.

Uma das conclusões que deduzi acerca deste fenómeno foi o reforço da minha perceção de que “o medo de ficar de fora” (Fear Of Missing Out ou FOMO) é a epidemia mais contagiosa e potencialmente perigosa no mundo digital. Ninguém quer ficar de fora do “tema quente” do momento nas redes sociais, quer sejam umas sapatilhas, o último telemóvel que foi lançado ou ações de uma empresa de retalho de videojogos com um modelo de negócio obsoleto.

Quais as consequências desse FOMO?

Este medo é tão poderoso que observo extremos como utilizadores que nunca investiram na bolsa a quererem colocar as suas poupanças todas numa só ação, assim como investidores que até agora eram prudentes, a venderem as suas posições em ativos sólidos e diversificados de longo prazo, para efetuarem apostas de curto prazo altamente especulativas.

Outro perigo que observo é a influência negativa exercida, cada vez mais, por indivíduos sem escrúpulos que pretendem lucrar com a ingenuidade e situação financeira frágil de certas pessoas. Estes indivíduos vendem sonhos através da ostentação de um estilo de vida artificial de grandes luxos de modo a atrair, sobretudo jovens, para mercados financeiros de grande risco e altamente voláteis (sobretudo Forex) de modo a lucrarem através de comissões e venda de cursos de qualidade duvidosa.

O que se pode fazer em relação a isso?

A nossa missão no r/literaciafinanceira, é precisamente educar e orientar os membros menos experientes sobre este tipo de riscos que circulam nas redes sociais. Defendemos um estilo de investimento sensato, simples e diversificado. A melhor forma de travar estes problemas passa por educar a comunidade acerca do risco associado a investimentos altamente especulativos como o Forex e do uso de intermediários sem competência legal para operarem nos mercados financeiros. Na minha opinião, entidades como a CMVM ou a Deco deveriam adotar um estilo de comunicação menos institucional, especificamente destinado aos mais jovens, que normalmente são as presas fáceis neste tipo de esquemas.

Na regulação vê algum tipo controlo ou tentativa de travar os riscos que identifica?

Muito pouca, mas infelizmente é extremamente difícil de controlar dada a forma como estes esquemas operam nas redes sociais. A CMVM tem alertado sobre a intermediação financeira não autorizada, sobretudo nos mercados Forex onde estes esquemas são tão populares, mas pouco mais pode fazer porque não recebe queixas oficiais. Já tivemos alguns membros a partilhar a sua experiência, em que perderam boa parte — ou mesmo a totalidade — do seu investimento. No entanto, é frequente não apresentarem queixa às autoridades competentes, seja por vergonha ou desconhecimento. Da nossa parte, incentivamos sempre que estes casos sejam denunciados, para proteção dos lesados e uma vigilância mais apertada.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Em Portugal, investidores também estão no Reddit. “Tem sido um desafio tremendo controlar a euforia”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião