Markus Kemper: “Compradores alemães sabem que fornecedores portugueses são confiáveis”premium

Presidente da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã diz que Portugal tem engenheiros “em quantidades ainda razoáveis” e com guerra pode ser alternativa ao leste europeu no fornecimento industrial.

O presidente do conselho diretor da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã (CCILA), Markus Kemper, sublinha que “a relação estável com fornecedores é muito valorizada pelos compradores alemães”. Em entrevista ao ECO, o também CEO da Filkemp, empresa de filamentos com sede em Sintra, reconhece que nos últimos anos o investimento foi direcionado sobretudo para o reforço da produção em grandes empresascomo a Bosch, Siemens, Volkswagen, Fuso Mitsubishi ou Continental, mas adverte que “a captação de novos investimentos de empresas do Mittelstand[PME germânicas] não se reveste de importância menor”. No dia em que arranca na Alemanha a maior feira industrial do mundo, na qual Portugal tem o estatuto de “país parceiro” e participa com 109 empresas, das quais 93 são de pequena e média

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos