O princípio do fim do Twitterpremium

Graças a Elon Musk, o Twitter vai começar a disputar o título de rede social mais tóxica. E é bem capaz de o ganhar.

Elon Musk é um engenheiro genial com uma extraordinária visão para os seus produtos, quebrando constantemente barreiras e provocando inovações estruturais em setores importantes da economia. É, também, um idiota que acha que as regras básicas da humanidade não se lhe aplicam – e por isso pode dispensar a supervisão ética e legal dos seus comportamentos. A isto soma a incapacidade para reconhecer que, sem apoios públicos, a Tesla não existiria – e a sua fortuna seria consideravelmente mais pequena se obedecesse às regras que quase todos os outros milionários cumprem. Mas parte da América contemporânea existe para que os poderosos escapem às regras impostas para os comuns mortais, e é isso que Musk quer eternizar. A própria forma como comproua sua participação na rede socialrevela a

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos