Plataformas Digitais: Uma nova diretiva para o futuro do trabalhopremium

A Comissão Europeia quer garantir a melhoria das condições de vida dos trabalhadores das plataformas digitais.

Na sua recente proposta de Diretiva Para a Melhoria das Condições de Trabalho no Trabalho Digital, a Comissão Europeia recorda que um dos mais importantes objetivos da União é a promoção do bem-estar dos seus cidadãos e o desenvolvimento económico, com pleno emprego e progresso social, na linha da Carta Fundamental dos Direitos da União Europeia e no Pilar Europeu dos Direitos Sociais. Centrada na ideia de que a transformação digital trouxe mudanças significativas no mundo do trabalho, aceleradas pela pandemia “Covid 19”, a Comissão assume que esta proposta visa melhorar as condições de trabalho dos trabalhadores das plataformas digitais. As plataformas digitais, todos o sabemos, tornaram-se incontornáveis. Estima-se que cerca de 28 milhões de pessoas trabalham na União Europeia através

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos
  • Advogado / Professor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Coordenador da Comissão do Livro Verde sobre as Relações Laborais