Uma Escola aberta ao mundo

  • Luís Rochartre Álvares
  • 24 Novembro 2021

Para que se consigam ultrapassar os desafios que todo o sector dos vinhos hoje atravessa, tais como enfrentar as consequências das alterações climáticas e a correta gestão do capital natura.

Enfrentamos hoje um conjunto de desafios globais que juntamos sob o chapéu da sustentabilidade, a saber: a emergência climática, a crise da natureza e a desigualdade social.

Se a melhor forma de avaliar uma qualquer escola é através do sucesso dos seus alunos e sobretudo do impacto coletivo que eles alcançam, teremos hoje que olhar com especial atenção ao impacto na resolução destes grandes desafios. É sabido que a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro – UTAD nasceu da necessidade de criar uma entidade académica que atendesse às lacunas de conhecimento e competências para o desenvolvimento da região de Trás-os-Montes e do Alto Douro, em primeiro lugar. E claro que qualquer universidade aspira a ter, como a designação indica, um impacto mais lato, para lá da região onde se implanta.

Por isso mesmo, partindo de um conjunto de formações superiores na área das Ciências Agrárias – Agricultura, Zootecnia e Florestal, a UTAD foi consolidando a sua presença alargando o âmbito da formação disponibilizada a outras áreas do conhecimento. Assim, rapidamente iniciou a formação em Enologia, beneficiando de estar implantada em plena zona demarcada do Douro e na confluência de outras zonas demarcadas.

E igualmente – no lançamento da formação em Enologia – do apoio de um conjunto notável de profissionais que oficiavam então na região e que potenciaram muito a qualidade do ensino e dos primeiros profissionais que se formaram.

Passados mais de trinta anos, a UTAD apresenta um notável registo de profissionais na área dos vinhos com um impacto significativo no estádio de excelência a que o sector se eleva hoje. São muitos os enólogos, agrónomos, marketeers e gestores, entre muitas outras funções, associados a inúmeros casos de sucesso no setor dos vinhos, maioritariamente em Portugal, mas também fora do país.

Vem esta exaltação a propósito do lançamento, no dia 18 de Novembro, da quarta edição da UTAD Alumni Wine Collection, uma edição única e limitada de vinhos produzidos por ex-alunos. Assim, este lançamento inclui quatro diferentes vinhos produzidos por Sandra Gonçalves, Maria Serpa Pimentel, Carlos Agrellos e Jorge Dias, conhecidos profissionais que juntam as suas criações a esta coleção de vinhos.

Esta coleção de vinhos único retrata muito do que referi antes, nomeadamente o impacto efetivo da UTAD enquanto escola, seja na região de implantação física, seja na totalidade do território vitivinícola nacional. Conhecendo o impacto que o sector tem na agenda da sustentabilidade, aguardamos agora verificar o contributo que profissionais formados na UTAD dão, e darão, para que se consigam ultrapassar os desafios que todo o sector dos vinhos hoje atravessa, tais como enfrentar as consequências das alterações climáticas, resolução das desigualdades sociais e a correta gestão do capital natural – que serve de base a todo este setor – enquanto efetivos gestores dos ecossistemas de que dependem, sem esquecer a maior afirmação dos vinhos portugueses nos mercados internacionais.

Em boa hora a UTAD celebra com a comunidade a excelência dos profissionais que formou, neste caso na área dos vinhos, mas que terá que ser percecionada também em quanto está a contribuir para um futuro sustentável.

  • Luís Rochartre Álvares
  • Partner NBI – Natural Business Intelligence

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Uma Escola aberta ao mundo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião