BE acertou estratégia do “novo IMI” com PS

O líder parlamentar do BE garantiu que a proposta do novo imposto sobre imóveis foi concertada com o Governo. Pedro Filipe Soares diz existirem “muitos planos B e C” para o OE17.

A “estratégia mediática” foi aceite pelo Bloco de Esquerda e pelo Governo. Quem o garante é Pedro Filipe Soares, em entrevista à TSF: “Fizemo-lo com o conhecimento do Governo e por isso enquadrada numa estratégia mediática aceite pelas duas partes que estiveram à mesa tanto na elaboração da proposta, quer sobre a forma como tornar pública esta proposta”.

A proposta para tributar imóveis acima do meio milhão entrou na esfera pública e causou polémica. A deputada do Bloco de Esquerda Mariana Mortágua foi responsável pela explicação da medida, a par do deputado socialista Eurico Brilhante Dias, e foram alvo de várias as reações críticas.

Contudo, o desenho da medida não está fechado, encontrando-se ainda em negociações.

Orçamento de Estado tem “muitos planos B e C”

Este é o segundo ano em que o Bloco de Esquerda negoceia um Orçamento do Estado. Pedro Filipe Soares reconhece agora a importância da “conjuntura internacional”, em específico a Comissão Europeia. Este é um ponto sensível onde há divergência com o PS: é preciso criar “uma onda de transformação à escala europeia”, argumenta o bloquista.

O foco do BE está na reposição de rendimentos – o principal objetivo da maioria parlamentar, diz o deputado -, mas ainda não há decisões finais. Existem “muitos planos B e C, alternativas às medidas que estão em cima da mesa”.

O futuro do acordo de incidência parlamentar é incerto, avisa Pedro Filipe Soares. “Nenhum de nós fez o acordo a pensar quando o vai romper. Mas nenhum de nós poderá ser forçado a manter o acordo se não se sentir bem com ele”, rematou.

Editado por Paulo Moutinho

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BE acertou estratégia do “novo IMI” com PS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião