Eurogrupo vai pagar nova tranche de ajuda financeira à Grécia

  • Marta Santos Silva
  • 10 Outubro 2016

A aprovação do pagamento da próxima tranche de ajuda financeira deve-se ao reconhecimento de que a Grécia tem feito "progressos significativos".

O Eurogrupo vai pagar mais 1,1 mil milhões de euros de ajuda financeira à Grécia e deu indicação de que dará mais 1,7 mil milhões noutra prestação, lê-se na declaração que se seguiu ao encontro dos ministros das Finanças da Zona Euro, no Luxemburgo, esta segunda-feira.

A decisão de entregar à Grécia a próxima tranche dos fundos do resgate financeiro deveu-se ao reconhecimento “de que têm sido feitos progressos significativos no sentido de reduzir os montantes líquidos em atraso durante julho e agosto”, assinalando ainda o tempo necessário para obter os dados de setembro, que deverão estar prontos ainda em outubro, segundo se lia na mesma declaração emitida pelo grupo de ministros. Após a receção dos dados de setembro, o Eurogrupo decidirá então se irá desembolsar também outros 1,7 mil milhões de euros, totalizando uma ajuda à Grécia de 2,8 mil milhões nesta fase.

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, louvou o cumprimento pela Grécia das metas impostas pela Zona Euro. “Assim que os dados estejam completos em outubro, e após uma avaliação positiva, o ESM (Mecanismo Europeu de Estabilidade) pode decidir o desembolso dos 1,7 mil milhões de euros pela retificação dos pagamentos em atraso”, escreveu o ministro das Finanças holandês no Twitter após a reunião.

O Mecanismo Europeu de Estabilidade já pagou 28,9 mil milhões de euros à Grécia desde a aprovação do terceiro programa de resgate ao país, em 2015. A economia da Grécia está numa recessão profunda há vários anos, tendo registado uma contração em oito dos últimos nove anos.

Desde julho de 2015 que o resgate à Grécia tem sido liderado pela Zona Euro, enquanto o Fundo Monetário Internacional colocou a sua participação em stand-by, por considerar que a dívida grega não é sustentável. A instituição liderada por Christine Lagarde anunciou na sexta-feira passada que uma equipa que daqui poucas semanas se vai deslocar à Grécia para discutir uma nova ajuda financeira ao país tem como prioridade acordar uma restruturação da dívida grega, que considerao FMI essencial para acordar qualquer programa futuro de ajuda.

Texto editado por Mariana de Araújo Barbosa

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Eurogrupo vai pagar nova tranche de ajuda financeira à Grécia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião