Taxistas cancelam marcha lenta e vão encontrar-se com o ministro do Ambiente

Os representantes das associações do setor estão a caminho do Ministério do Ambiente, onde vão encontrar-se com o ministro

Os taxistas cancelaram a marcha lenta que estava programada, desde o Aeroporto até à Assembleia da República, confirmou ao ECO Florêncio de Almeida, presidente da Antral. O protesto vai manter-se junto ao aeroporto e os representantes da Antral e da Federação Portuguesa do Táxi (FPT) estão agora a caminho do Ministério do Ambiente, onde serão recebidos pelo ministro João Pedro Matos Fernandes.

Contactado pelo ECO, Florêncio de Almeida diz que a marcha lenta foi cancelada porque “não há condições”. Segundo o responsável, as forças policiais “cortaram a coluna” do protesto e, por isso, os taxistas decidiram manter a manifestação junto ao aeroporto.

Entretanto, acrescenta o presidente da Antral, os representantes das associações do setor (Florêncio de Almeida e Carlos Ramos, da FPT) vão ser recebidos pelo ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, para discutir as reivindicações dos taxistas. Junto ao aeroporto, o protesto vai continuar “pelo tempo que for preciso”, garante Florêncio de Almeida.

Esta “reunião de urgência” foi marcada depois dos incidentes entre taxistas e polícias, junto à Rotunda do Relógio. Tem havido vários confrontos e já houve três taxistas detidos, apesar dos apelos a que a manifestação se desenrolasse “ordeiramente e civicamente“.

O setor exige que as plataformas como a Uber e a Cabify parem a atividade, uma vez que esta é ilegal em Portugal. Para que passem a atuar de forma legal, os taxistas defendem quatro pontos: definição de um contingente; fixação de um preço mínimo e obrigatoriedade de alvarás e licenças.

(Notícia atualizada pela última vez às 12h50)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Taxistas cancelam marcha lenta e vão encontrar-se com o ministro do Ambiente

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião