Depois do alívio, libra regressa às quedas

A divida britânica recua face ao dólar e ao euro, depois de Tusk ter alertado May de que a saída da UE "será dolorosa para os britânicos".

Após um dia de alívio, a libra retomou o caminho das quedas. Os investidores voltam a fazer refletir na cotação da divisa britânica os receios em torno do impacto negativo que o Brexit terá na economia do Reino Unido.

A divisa britânica perde valor tanto face ao dólar como ao euro, após uma ligeira recuperação registada na sessão anterior. A libra recua 0,38%, para os 1,2208 dólares e 0,05%, para os 1,1077 euros.

A desvalorização da moeda do Reino Unido ocorre depois de esta quinta-feira, o presidente da União Europeia, Donald Tusk, ter alertado a primeira-ministra britânica, Theresa May, de que está a na hora de ter consciência de que a saída da União Europeia “irá ser dolorosa para os britânicos”.

Num discurso proferido em Bruxelas, Tusk sinalizou ainda que o processo de separação do Reino unido do bloco poderá demorar mais de dois anos e que o Brexit não irá trazer “nenhuns bolos na mesa para ninguém”, mas sim “apenas sal e vinagre”.

Independentemente da forma escolhida para a saída do Reino Unido da União Europeia, o que parece ser já uma certeza é que os traders vão ter de se habituar à elevada volatilidade da libra esterlina.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Depois do alívio, libra regressa às quedas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião