CEO da Visa demite-se. Ex-presidente da American Express é o substituto

  • Ana Luísa Alves
  • 18 Outubro 2016

O CEO da Visa vai ser substituído no último mês do ano pelo ex-presidente da American Express, Alfred F. Kelly.

Charlie Scharf sai. Entra Alfred F. Kelly para a liderança da Visa. O atual presidente executivo da maior empresa do mundo ao nível dos pagamentos vai abandonar o cargo, cedendo a posição ao ex-presidente da American Express.

Alfred F. Kelly, vai assumir a presidência da Visa a partir do dia 1 de dezembro, noticiou esta segunda-feira a empresa em comunicado. “Estamos numa posição única em que temos alguém que tem duas décadas de experiência neste tipo de pagamentos e um grande conhecimento sobre a Visa”, disse o ainda CEO da empresa, Scharf, sobre Kelly numa entrevista telefónica citada pela Bloomberg.

A Visa é a maior empresa do mundo ao nível dos pagamentos. Valorizou 137% em bolsa desde que o atual CEO da empresa tomou posse, em 2013, num momento em que os lucros do setor financeiro estavam em queda. Após o anúncio do próximo CEO da Visa, as ações da empresa caíram 0,4% para os 82,15 dólares em Nova Iorque.

“Seria um erro crasso para mim chegar à empresa e pensar que existe um grande número de coisas que eu devo mudar”, disse Kelly durante uma conferência com os analistas. “A empresa está a ter um desempenho extremamente bom, e o Charlie [Scharf] construiu uma equipa líder a nível mundial”, acrescentou.

A empresa está desde setembro a tentar escolher o candidato ideal para presidente, depois de Scharf ter dito que estava a considerar abandonar o cargo. Kelly foi a escolha mais certeira e disse, desde logo, aos analistas que “iria onde fosse preciso” e que talvez gastasse parte do seu tempo como CEO na China para ajudar no crescimento da empresa no gigante asiático.

Kelly tem 58 anos e trabalhou na American Express durante 23 anos, começando no departamento de planeamento estratégico, e assumiu o cargo de presidente em 2007. Integrou, sete anos depois, a equipa da Visa.

“Dedicação completa”

Ainda no comunicado desta segunda-feira da empresa, Charlie Scharf acrescentou que “qualquer falta de dedicação, mental e física, não será justa para a Visa”. E “ele [Kelly] tem uma visão dos negócios muito boa, é decisivo e constrói realmente uma equipa fantástica de pessoas ao seu redor”, acrescentou Gordon Smith, presidente do departamento do consumidor da JPMorgan.

Editado por Paulo Moutinho

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CEO da Visa demite-se. Ex-presidente da American Express é o substituto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião