Lançado novo medicamento para doentes com Parkinson

  • Leonor Rodrigues
  • 18 Outubro 2016

A farmacêutica Bial começou esta terça-feira a comercialização de um novo medicamento para doentes com Parkinson na Alemanha e no Reino Unido. Em Portugal, o medicamento fica disponível em 2017.

O grupo farmacêutico Bial começou esta terça-feira a comercialização de um novo medicamento para os doentes com parkinson, o Ongentys, na Alemanha e no Reino Unido. A chegada deste medicamento a Portugal, bem como a outros países europeus, está prevista para o próximo ano.

O medicamento foi aprovado em junho deste ano pela Comissão Europeia e é o segundo com patente portuguesa, que envolveu um estudo de cerca de 11 anos. O Ongentys reduz o chamado período off-time nos doentes com parkinson, caracterizado por um estado de profunda imobilidade. “Os estudos realizados mostram que Ongentys representa uma nova opção de tratamento, segura e eficaz, e com a vantagem de ser de uma só toma diária, como terapêutica adjuvante em pacientes adultos com doença de Parkinson e flutuações motoras que não estão controlados com outras terapêuticas”, refere António Portela, CEO da Bial, em comunicado.

O início da comercialização do novo medicamento na Alemanha e no Reino Unido vem reforçar a estratégia de internacionalização da farmacêutica. No ano passado, a Bial abriu filiais em Frankfurt e em Londres e já conta com uma equipa de 40 e 15 pessoas, respetivamente. A Alemanha tem cerca de 260 mil doentes com Parkinson, um mercado avaliado em 400 milhões de euros, enquanto no Reino Unido existem 120 mil pacientes, um mercado de 165 milhões de euros. Além da internacionalização, a Bial tem investido anualmente cerca de 20% da sua faturação na procura de novas soluções terapêuticas, um investimento de mais de 40 milhões de euros.

A Associação Europeia da Doença de Parkinson estima que, só na União Europeia, existam 1,2 milhões de pessoas com a doença que afeta as faculdades motoras dos portadores. Em Portugal são cerca de 22 mil os portugueses afetados.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lançado novo medicamento para doentes com Parkinson

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião