Incerteza leva CaixaBI a suspender cobertura das ações do BCP

Decisão do banco de investimento de suspender a cobertura das ações acontece numa altura em que o BCP se prepara para fundir os seus títulos e negoceia a entrada do grupo Fosun no seu capital.

O CaixaBI anunciou esta manhã que decidiu suspender a cobertura dos títulos do BCP devido ao ambiente de incerteza que existe em relação ao futuro da estrutura acionista do banco liderado por Nuno Amado. “Tendo em consideração a elevada incerteza associada à tese de investimento no BCP decidimos colocar a nossa recomendação em “Rating suspended”, diz o banco de investimento.

A decisão de suspender a cobertura do título, acontece numa altura em que a instituição financeira liderada por Nuno Amado está no meio de um processo que visa a fusão das suas ações, que se concretizará a 24 de outubro, indispensável para a concretização da entrada da Fosun no capital do BCP. Nesse dia, o valor das ações mudará e o número de títulos do BCP dispersos em bolsa diminuirá no seguimento dessa fusão. Nessa operação, serão fundidos 75 títulos num só, a um preço que ainda não é conhecido já que dependerá do valor de fecho da próxima sexta-feira, 21 de outubro. Esta operação foi uma das condições impostas pela Fosun, quando em julho manifestou o interesse em assumir uma participação no capital do BCP.

Neste momento, o grupo chinês dono da Fidelidade e da Luz Saúde está a negociar com a comissão executiva do BCP a concretização da compra de 16,7% do capital do banco português. Para que esta operação pudesse avançar, foi necessária uma alteração ao Código de Valores Mobiliários que permitisse o enquadramento jurídico para um reagrupamento de ações sem que que este resultasse de uma redução do capital social. O Governo promoveu essa alteração com a criação de um diploma à medida, que foi aprovado em tempo recorde pelo Presidente da República.

"Atualizaremos o nosso preço-alvo e recomendação assim que tenhamos mais visibilidade sobre a tese de investimento do BCP.”

CaixaBI

“Manteremos a análise regular das notícias e factos a ele associados enquanto a nossa avaliação se encontrar sob revisão”, refere o CaixaBI em relação ao acompanhamento que, entretanto, pretende continuar a fazer do título. “Atualizaremos o nosso preço-alvo e recomendação assim que tenhamos mais visibilidade sobre a tese de investimento no BCP”, esclarece ainda o banco de investimento.

Sabia que…

Dia Europeu da Estatística / Fonte: INE
Dia Europeu da Estatística / Fonte: INE

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Incerteza leva CaixaBI a suspender cobertura das ações do BCP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião