Espanha: banca acelera encerramento de agências

  • Cristina Oliveira da Silva
  • 25 Outubro 2016

No espaço de um ano, bancos e antigas caixas encerraram 1.314 sucursais, indica o "Cinco Días".

A banca espanhola está a reforçar o ajustamento e a encerrar mais agências do que o previsto. No espaço de um ano, bancos e antigas caixas encerraram 1.314 sucursais, noticia o jornal espanhol Cinco Días. O número é considerado elevado pelos especialistas, mas os encerramentos continuarão nos próximos dois a três anos.

Só de março a setembro, foram fechadas 890 agências, um número que compara com 614 no ano passado. E nos nove primeiros meses do ano, registaram-se 1.151 encerramentos, sem contar com cooperativas de crédito. Até ao final do ano, esperam-se mais 800 encerramentos, escreve o Cinco Días, indicando que a banca espanhola “pisa o acelerador” e fecha mais agências do que o previsto.

Uma fonte do setor afirmou que “até mesmo os bancos que dizem que não têm planos de fechar filiais têm acelerado os encerramentos que fazem anualmente”.

Desde abril já foram conhecidos planos de bancos e de antigas caixas espanholas de encerrar mais de 2.200 sucursais, quase 10% das que existiam no final de 2015. Este número pressupõe um aumento de encerramentos, depois de dois anos mais contidos que, por sua vez, se seguiram a um período de forte ajustamento (entre 2008 e 2013). Aliás, 2013 destaca-se pelo fecho de 4.153 sucursais.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Espanha: banca acelera encerramento de agências

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião