Obras da Feira Popular arrancam a 3 de novembro

  • Lusa
  • 25 Outubro 2016

Fernando Medina, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, anunciou que vão ter início as demolições das construções nos terrenos onde vai nascer a nova Feira Popular.

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa afirmou hoje que as obras da nova Feira Popular terão início a 3 de novembro, com as demolições dos edifícios existentes no terreno, localizado na freguesia de Carnide.

As obras de construção da Feira Popular em Carnide terão início no dia 3 de novembro“, afirmou Fernando Medina durante o debate anual sobre o estado da cidade, que decorre hoje na Assembleia Municipal de Lisboa (AML).

O chefe do executivo municipal, de maioria socialista, apontou que as obras “irão ter início através das demolições das construções que ali se encontram e que não terão lugar no espaço da nova feira”.

Segue-se a “construção das novas acessibilidades ao espaço, o projeto de modulação dos terrenos e a execução do espaço verde”. “No entretanto”, apontou Medina, ficará definido “o processo de determinação da gestão de toda a área de lazer”.

“Aquilo que para nós foi sempre claro é que esta visão da nova casa da Feira Popular de Lisboa deveria assentar num modelo novo, diferente, moderno”, frisou. A câmara quer que o espaço seja “um parque verde de fruição de todos e das famílias”. “Hoje podemos estar em condições de dizer que os trabalhos vão iniciar-se e que a cidade vai ter de novo a sua Feira Popular”, acrescentou Fernando Medina.

Durante a sua intervenção inicial, o presidente da Câmara de Lisboa anunciou também a criação de “sete mil novos lugares de estacionamento” em 2017, especialmente dirigidos a moradores e em parques dissuasivos, localizados perto de estações de metro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Obras da Feira Popular arrancam a 3 de novembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião