Demissão: Governo sofre nova baixa

Depois da demissão do adjunto do primeiro-ministro para os Assuntos Regionais, esta sexta-feira demitiu-se o chefe de gabinete dentro do Ministério da Educação.

Nuno Félix demitiu-se. O chefe de Gabinete do secretário de Estado da Juventude e do Desporto abandonou esta sexta-feira o cargo, confirmou o Observador. Em causa estão duas licenciaturas falsas que Nuno Félix declarava num despacho em Diário da República.

O documento servia para a nomeação do chefe de gabinete, mas o efeito foi tirá-lo do cargo. Nesse despacho constava duas licenciaturas: Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa e em Direito pela Universidade Autónoma de Lisboa.

Ambas as universidades confirmaram que o aluno em causa não concluiu os estudos e, por isso, não teria nem uma nem outra licenciatura. Foi o Ministério da Educação quem confirmou a demissão de Nuno Félix.

“Nunca disse para nenhuma das funções que exerci que era licenciado. Mas sim, que tinha a frequência do ensino superior. Importa dizer que o meu percurso académico sempre foi público, até pelas funções que desempenhei enquanto estudante como dirigente estudantil e juvenil”, explicou-se Nuno Félix em declarações ao Observador.

Pela segunda vez esta semana, o Governo fica com mais uma baixa depois da demissão do adjunto de António Costa para os Assuntos Regionais, Rui Roque.

Editado por Pedro Sousa Carvalho

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Demissão: Governo sofre nova baixa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião