BOE: Governador Mark Carney só sai em 2019

  • Rita Atalaia
  • 31 Outubro 2016

O governador do Banco de Inglaterra vai permanecer no cargo por mais um ano. Mark Carney diz que quer monitorizar a saída do Reino Unido da União Europeia.

Mark Carney só vai deixar a liderança do banco central do Reino Unido em 2019. O governador do Banco de Inglaterra (BOE) diz que quer prolongar o tempo no comando para orientar a economia na saída da União Europeia.

Carney diz que, ao ficar até 2019, quer ajudar a “proporcionar uma transição serena nesta nova relação do Reino Unido com a Europa“, explica o responsável numa carta enviada ao ministro das Finanças britânico, Philip Hammond. Mark Carney planeava sair em 2018, mas o mandato só terminaria em 2021. Assim, acabou por optar por um meio-termo.

A decisão põe fim a meses de especulação sobre o futuro do governador. O canadiano de 51 anos deve assim acalmar os receios do mercado sobre as incertezas com que o Reino Unido ainda se deve deparar enquanto decorrem as negociações com a UE.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BOE: Governador Mark Carney só sai em 2019

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião