Feira Popular vai criar 600 empregos diretos

  • Lusa
  • 3 Novembro 2016

Fernando Medina defende que a intenção da Câmara de Lisboa é manter definitivamente a Feira Popular em Carnide.

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, afirmou hoje que é intenção do município que a nova localização da Feira Popular de Lisboa, em Carnide, seja definitiva, prevendo que a infraestrutura permitirá criar “600 empregos diretos”.

A Câmara Municipal de Lisboa assinalou hoje o início da empreitada da nova Feira Popular, com a demolição de cinco construções, “uma antiga carpintaria e anexos”, que se encontram nos terrenos, de cerca de 20 hectares.

“O que vai nascer aqui é mais uma casa, é a terceira casa, aquilo que queremos que seja, aliás, a casa definitiva da Feira Popular de Lisboa”, começou por afirmar o autarca.

Questionado quanto aos empregos que poderão ser criados com a nova Feira Popular, Medina antecipou que a estimativa “é que da feira em si resultem cerca de 600 empregos diretos, das atividades da feira, mas que possa haver muito mais centenas de postos de trabalho indiretos”.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Feira Popular vai criar 600 empregos diretos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião