Autoridade da Concorrência vai ter nova líder

Ao ECO, a CMVM não confirmou. No entanto, o ECO sabe que o nome de Margarida Matos Rosa já circulava nos corredores.

Já existe um nome para presidente da Autoridade da Concorrência. O Público avança que quem vai assumir o cargo é a economista Margarida Matos Rosa, a atual diretora do Departamento de Supervisão de Gestão de Investimento Coletivo da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários. Ao ECO, a CMVM não confirmou. No entanto, o ECO sabe que o nome já circulava nos corredores.

Com a saída de António Ferreira Gomes para a direção da Concorrência na OCDE, António Costa já decidiu quem vai substitui-lo pelo menos nos dois anos que deixa vazios no seu mandato. O nome escolhido, segundo avança o Público, é Margarida Matos Rosa.

No entanto, antes de poder chegar ao cargo, a indicação do Governo ainda tem de passar pela Cresap, a Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública, que pode aprovar ou reprovar o currículo da nomeada.

O jornal escreve que o Governo entendeu que o cumprimento da lei passava por nomear uma mulher para o cargo. Caso se confirme, Margarida Matos Rosa vai ser a primeira mulher a liderar a Autoridade da Concorrência. A escolha foi de Maria Manuel Leitão Marques, ministra da Presidência e da Modernização Administrativa.

Editado por Mónica Silvares

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Autoridade da Concorrência vai ter nova líder

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião