Presidente da BP Portugal vai assumir gestão da rede de retalho da Península Ibérica

  • ECO
  • 7 Novembro 2016

Pedro Oliveira vai passar a gerir os postos de abastecimento da petrolífera britânica em Portugal e Espanha, e antevê desafios no país vizinho, onde a BP disputa o terceiro lugar no mercado.

O presidente da BP Portugal, Pedro Oliveira, vai assumir a gestão dos postos de abastecimento da empresa a nível ibérico, tomando também as rédeas dessa operação em Espanha, segundo confirmou o próprio em entrevista ao jornal Público.

As redes de combustíveis portuguesa e espanhola da BP vão passar a ser geridas em conjunto — 410 postos de abastecimento em Portugal e 630 postos em Espanha que totalizam 1040 postos de combustíveis BP na Península Ibérica. Em Portugal, a BP é a segunda no mercado a seguir à Galp, e em Espanha bate-se com a Galp para ver qual ocupa o terceiro lugar, enquanto o primeiro e o segundo são ocupados pelas espanholas Repsol e Cepsa, respetivamente.

Ao Público, Pedro Oliveira sublinha a vantagem da BP Espanha sobre a Galp nesse país, visto que a BP tem uma refinaria que produz 200 mil barris diários, enquanto a Galp não tem nenhuma.

Em Portugal, o gestor prevê “faturar bem acima dos 1100 milhões de euros” registados em 2015, mas “dois terços da faturação são impostos”.

A queda dos preços do petróleo ao longo deste ano tem afetado a petrolífera britânica BP, que declarou a 1 de novembro ter tido uma queda de 49% nos lucros do terceiro trimestre. De dois mil milhões de euros no ano passado, os lucros caíram para mil milhões. Desde então, as ações da BP têm negociado sempre no vermelho.

Notícia corrigida às 11.40: Clarifica que Pedro Oliveira é presidente da BP Portugal responsável pelos postos de abastecimento no país, e vai passar a fazer essa gestão a nível ibérico.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Presidente da BP Portugal vai assumir gestão da rede de retalho da Península Ibérica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião