A maior reserva de petróleo dos EUA… acaba de ser descoberta

  • Marta Santos Silva
  • 17 Novembro 2016

A descoberta de 20 mil milhões de barris no subsolo texano comprova que mesmo em áreas já muito exploradas ainda se podem descobrir enormes jazidas.

A maior jazida de petróleo alguma vez existente nos Estados Unidos acaba de ser descoberta, contendo cerca de 20 mil milhões de barris de petróleo e 453 biliões de metros cúbicos de gás natural. Só o petróleo pode valer cerca de 900 mil milhões de dólares.

A confirmarem-se as estimativas reveladas pela agência federal U.S. Geological Survey (USGS), trata-se do maior depósito contínuo de petróleo alguma vez descoberto nos Estados Unidos, e a USGS acredita que são recursos utilizáveis e que existe capacidade técnica para os conseguir.

“O facto de ser a maior estimativa de petróleo contínuo que alguma vez fizemos só vem mostrar que, mesmo em áreas que produziram milhares de milhões de barris de petróleo, ainda há potencial para encontrar mais milhões“, disse Walter Guidroz, coordenador do programa de Recursos Energéticos da USGS.

A nova jazida foi descoberta num território do estado do Texas conhecido como a Bacia Permiana, uma zona que as petrolíferas têm procurado cada vez mais.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

A maior reserva de petróleo dos EUA… acaba de ser descoberta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião