Um Maybach cabrio? Um luxo para apenas 300

A marca de luxo da Mercedes vai estrear uma versão cabrio do Maybach no Salão de Los Angeles. Apresenta-o no outono, mas é lançado a tempo do verão. Não há é muitos.

mercedes-maybach-s-650-cabrio

É um Maybach, o que já de si o torna um automóvel exclusivo. Mas a marca de luxo da Mercedes quis levar essa exclusividade a um outro nível com o lançamento de uma versão descapotável. Assim nasceu o S 650 Cabrio, que se estreia no Salão de Los Angeles. Chega a tempo do verão do próximo ano, mas apenas para 300 condutores mais afortunados.

O Mercedes-Maybach S 650 Cabrio é o primeiro… cabrio da marca. É baseado no Classe S Cabrio e, além de outras características, “adotou também as proporções estéticas e clássicas deste último, com pormenores que incluem a silhueta dinâmica com capota de lona estilo coupé e a linha descendente dos painéis laterais da carroçaria até à traseira”, diz a marca.

Assenta no Classe S Cabrio, mas com muito mais luxo. Não acredita? Além das várias aplicações cromadas para aumentar visualmente as aspirações especiais do luxo, no exterior destacam-se ainda as jantes de 20 polegadas. E ao abrir as portas, a insígnia Maybach é projetada no chão em forma de iluminação de boas-vindas.

No interior há opções para todos os gostos. Destaque para o “revestimento dos bancos em cascata de água” com “padrões selecionados individualmente para cada veículo com base na cor e no grão”, além da combinação de trabalho de precisão e artesanal do revestimento do painel de instrumentos e dos painéis das portas com folhas de madeira fina.

Também anda (e bem)

O Mercedes-Maybach S 650 Cabrio é um luxo com rodas, para quem gosta de andar de cabelos ao vento. Mas também é uma máquina de devorar asfalto. A todos os toques de requinte, a marca juntou um motor V12 de 6.0 litros biturbo com uma potência de 630 CV. É muita potência para um automóvel de grandes dimensões que faz dos zero aos 100 km/h em 4,1 segundos.

mercedes-maybach-s-650-cabrio2

A velocidade máxima está limitada a 250 km/h, mas é capaz de muito mais. Mas isso também elevaria os consumos que são já, em média, de 12 litros a cada 100 quilómetros, embora quem o comprar não deva ter grandes preocupações com esse custo.

A marca não revela o preço, mas a exclusividade costuma ser cara. E este Maybach traz no suporte de bebidas uma inscrição que diz: “1 of 300”. Porquê? Porque só serão comercializadas 300 unidades deste cabrio que “está totalmente preparado para entrar no mercado na primavera de 2017”.

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Um Maybach cabrio? Um luxo para apenas 300

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião