STCP aumenta capital social em 30 milhões de euros

  • Lusa
  • 24 Novembro 2016

Os transportes do Porto aumentaram o capital através da emissão de seis milhões de ações.

A STCP – Sociedade de Transportes Coletivos do Porto comunicou, esta quinta-feira, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) ter aumentado o capital social em cerca de 30,2 milhões de euros, através da emissão de seis milhões de ações.

“A STCP vem nos termos do Regulamento da CMVM n.º 5/2008 informar que por deliberação do Estado Português, na qualidade de acionista único da STCP, foi aumentado o capital social no montante de 30.282.535 euros”, refere documento disponível na página da comissão.

Acrescenta que tal aumento de capital social foi feito “através da emissão de 6.056.507 novas ações com valor nominal unitário de cinco euros cada, subscritas pelo seu acionista”.

Com esta ação, o capital social da STCP fixou-se em cerca de 115,8 milhões de euros, representado por mais de 23 milhões de ações “em forma meramente escritural com valor unitário de cinco euros”.

A 21 de outubro o Presidente da República anunciou ter promulgado os decretos que alteravam os estatutos da Sociedade de Transportes Públicos e da Metro do Porto.

A promulgação ocorreu depois de a Assembleia da República ter aprovado várias alterações apresentadas pelos socialistas à legislação sobre os transportes urbanos do Porto, antes vetadas pelo Presidente da República.

Em 25 de julho, Marcelo Rebelo de Sousa vetou as alterações, aprovadas com o apoio da esquerda e votos contra do PSD e CDS, por se “vedar, taxativamente, qualquer participação de entidades privadas” na STCP e na Metro do Porto.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

STCP aumenta capital social em 30 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião