Quem acompanha Paulo Macedo na CGD?

  • ECO
  • 2 Dezembro 2016

O antigo ministro da Saúde já tem equipa para ajudar a liderar o banco público. Rui Vilar mantém-se na CGD, mas como chairman. Entram José João Guilherme e Esmeralda Dourado.

Paulo Macedo vai ser o próximo presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD). O antigo ministro da Saúde terá aceitado o convite há vários dias e, num clima de discrição, já terá escolhido os administradores que o acompanharão na liderança do maior banco português e cujos nomes seguirão ainda esta sexta-feira para o aval do Banco Central Europeu.

Segundo o Jornal de Negócios (acesso pago), além de José João Guilherme, antigo administrador do BCP e do Novo Banco, que entra para a administração executiva, Paulo Macedo vai poder contar com Esmeralda Dourado, antiga presidente do Interbanco e atual administradora não executiva da SAG, que vai exercer funções administradora não executiva.

Rui Vilar, que transita da atual equipa, assumirá o lugar de presidente do Conselho de Administração.

Será sob a gestão do antigo vice-presidente do BCP e antigo diretor geral das Finanças que a CGD vai desenvolver o processo de capitalização no valor de 5,1 mil milhões de euros, além de colocar em prática o plano de negócios que vai implicar a redução da estrutura do banco público. Em vista está a saída de aproximadamente 2.500 trabalhadores nos próximos quatro anos, o encerramento de balcões e ainda o abandono de alguns mercados internacionais.

Macedo entra assim para o lugar deixado vago por António Domingues, que renunciou à administração da CGD com mais seis administradores, três executivos e três não executivos, na sequência da polémica em torno da apresentação da declaração de rendimentos e património ao Tribunal Constitucional. Além de Rui Vilar, que assume a posição de chairman, mantêm-se em funções Tiago Ravara Marques, João Tudela Martins e Pedro Leitão.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Quem acompanha Paulo Macedo na CGD?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião