CGD: BE chama presidente do Tribunal de Contas à Comissão de Inquérito

  • Lusa
  • 6 Dezembro 2016

O Bloco de Esquerda anunciou um requerimetno para ouvir o presidente do Tribunal de Contas, Vítor Caldeira, após a acusação feita relativa à gestão da CGD pelo Governo anterior.

O deputado do BE Moisés Ferreira anunciou esta terça-feira um requerimento para ouvir o presidente do Tribunal de Contas (TdC) na Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos (CGD) e Gestão do Banco.

“A intenção da audição é muito simples e tem a ver com o relatório sobre o controlo que é feito pelo Estado ao seu setor empresarial e que demonstra que o anterior Governo (PSD/CDS), apesar de ter estabelecido algumas metas estratégicas, nunca fez o controlo sobre se essas metas estavam a ser atingidas e que medidas estava a CGD a implementar para atingi-las“, disse.

Nos passos perdidos do parlamento, o parlamentar bloquista acusou ainda o executivo de Passos Coelho e Paulo Portas de “ignorar e não levar em linha de conta os relatórios trimestrais enviados pela CGD ao acionista Estado, através do Ministério das Finanças, para aprovar as contas da CGD e, mais grave, mostravam já uma acumulação de imparidades e a sua exposição a maiores riscos de incumprimento e a deterioração do capital“.

O relatório do TdC, dirigido por Vitor Caldeira, refere uma “falta de controlo” na CGD entre 2013 e 2015 e afirma que o Estado aprovou documentos de prestação de contas sem ter a informação completa.

A ex-ministra das Finanças e vice-presidente do PSD, Maria Luís Albuquerque, respondeu que a CGD está sujeita ao escrutínio de várias entidades [Banco de Portugal, Banco Central Europeu, Mecanismo Único de Supervisão e Direção Geral da Concorrência] e o ex-primeiro-ministro e presidente do PSD, Passos Coelho, recusou qualquer falta de transparência no controlo da CGD durante a sua governação e acrescentou existir um “nível de auditoria com profundidade e exigência muito maior”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CGD: BE chama presidente do Tribunal de Contas à Comissão de Inquérito

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião