Draghi: Subida dos juros e tensão política são uma ameaça

  • Leonor Rodrigues
  • 16 Dezembro 2016

O presidente do BCE teme que alguns países não cumpram as metas de défice definidas para o próximo ano mas mantém-se otimista quanto à recuperação económica da Zona Euro.

Mario Draghi alertou esta sexta-feira os líderes europeus que o aumento das taxas de juro a nível global e o tenso panorama político atual na Europa pode enfraquecer a economia europeia. No entanto, o presidente do Banco Central Europeu (BCE) mantém-se otimista em relação à recuperação económica da Zona Euro.

Numa reunião com os líderes europeus, o presidente do BCE afirmou que as taxas de juros elevadas podem levar a que alguns países falhem as metas de défice definidas para o próximo ano.

Draghi teme que o abrandamento das reformas e falta de compromisso façam com que alguns países da União Europeia voltem à situação económica em que se encontravam nos anos da crise, antes de 2010, de acordo com a Bloomberg.

Ainda assim, Draghi considera que a economia está melhor em toda a União Europeia em comparação com o início deste ano. O investimento e o consumo na Zona Euro aumentaram, suportados pelas políticas monetárias levadas a cabo pela instituição europeia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Draghi: Subida dos juros e tensão política são uma ameaça

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião