Super Mario Run gera receitas, mas devagarinho

O novo jogo da saga "Super Mario" já foi lançado pela Nintendo. E apesar de estar no top em 68 países, não está a gerar receitas a grande velocidade. Mas os analistas têm uma hipótese...

Já saiu o Super Mario Run. É o primeiro jogo móvel desenvolvido pela Nintendo. Só está disponível na App Store e está no top de downloads em 68 países, mas alcançando o primeiro lugar em apenas 14 deles — e, em Portugal, também está entre as mais descarregadas. Além disso, as receitas tardam em chegar, revela a Bloomberg.

Já lá vamos. No jogo, o utilizador controla Mario, a conhecida personagem de bigode, com o icónico chapéu vermelho, que terá de resgatar a princesa Peach. Os três primeiros níveis são gratuitos e, para desbloquear os restantes 21 e os extras, é preciso pagar 9,99 euros. É um modelo diferente do que tem vindo a ser praticado por outros estúdios, em que todo o jogo é gratuito mas o jogador pode optar por adquirir extras à parte.

Esse modelo poderá ser a causa do atraso nas receitas. Embora tenha sido lançado há menos de 24 horas e já ao final do dia, o Super Mario Run é líder em receitas nos Estados Unidos da América, mas ocupa o 27º no Japão, o terceiro maior mercado.

O Super Mario Run gera receitas. Mas devagarinho…YouTube

“O facto de ter um preço fixo significa que o lucro vai ser limitado, porque os jogos para smartphones geram a maioria da receita nas funcionalidades free-to-play“, disse à Bloomberg Tomoaki Kawasaki, analista da Iwai Cosmo Securities. No entanto, os baixos níveis de receita, especialmente no Japão, podem ser explicados pelo facto de muitos jogadores ainda não terem chegado ao nível três do jogo.

Pode até nem haver motivos para preocupação. Como nota Randy Nelson, da consultora SensorTower, não seria surpresa “se os jogadores optassem por ver quanto divertimento podem tirar desses três primeiros níveis antes de decidirem pagar” pela versão completa.

Os investidores estão expectantes em relação ao desempenho do Super Mario Run, depois do grande sucesso do Pokémon GO este verão, que superou a barreira dos 500 milhões de downloads. Mas a Nintendo só esteve parcialmente envolvida no desenvolvimento desse título. Além disso, como a aplicação lançada esta quinta-feira ainda só está disponível para iPhones e iPads, não será fácil chegar perto desse número. Ainda nem sequer chegou à China, o maior mercado de todos, segundo a empresa de research Newzoo.

Comentários ({{ total }})

Super Mario Run gera receitas, mas devagarinho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião