Final feliz em Lisboa num ano negativo

Lisboa despediu-se com ganhos ligeiros de um ano profundamente negativo para a bolsa. BCP perdeu dois terços do seu valor em 2016, o pior registo do PSI-20.

O principal índice português, o PSI-20, fechou esta sexta-feira com um avanço de apenas 0,2%, uma variação positiva que de pouco serviu para apagar as perdas de quase 12% que o principal índice português acumulou ao longo de 2016. O pior desempenho em Lisboa pertenceu ao BCP. A instituição financeira perdeu mais de dois terços do seu valor em bolsa nos últimos 12 meses, período durante o qual o banco recebeu um novo acionista de referência, os chineses da Fosun.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Final feliz em Lisboa num ano negativo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião