BCP sobe mas CTT atiram bolsa para o vermelho

  • Leonor Rodrigues
  • 1 Fevereiro 2017

As ações do banco liderado por Nuno Amado têm valorizado desde o final das negociações dos direitos do aumento de capital, mas os CTT e a energia acabaram por pressionar o índice português.

A bolsa nacional contrariou a tendência europeia e terminou a sessão desta quarta-feira em terreno negativo. Um dia antes de terminar o prazo para que os acionistas possam subscrever os direitos do aumento de capital, o BCP avançou mas os ganhos não foram suficientes para compensar as perdas dos CTT e do setor energético.

O PSI-20 fechou a sessão a perder 0,33% para os 4.460,2 pontos. O CTT lideraram as perdas e desvalorizaram 2,99% para os 5 euros por ação, no dia em que atingiram um novo mínimo histórico. Nem as energéticas conseguiram manter-se no verde: a EDP perdeu 0,67% para os 2,67 euros, a EDP Renováveis afundou 0,24% (5,93 euros) e a Galp Energia desvalorizou 0,88% para os 13,50 euros.

Já o BCP terminou o dia com uma valorização de 4,54% para os 16,35 cêntimos. Desde que as negociações dos direitos ao aumento de capital terminaram que a instituição liderada por Nuno Amado tem vindo a subir, refletindo o otimismo dos investidores no maior banco privado português.

A Jerónimo Martins também registou ganhos ligeiros (+0,22), assim como a Pharol, que valorizou quase 9%, o maior ganho da sessão.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP sobe mas CTT atiram bolsa para o vermelho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião