Carlos Costa à frente do BdP? “Estamos a refletir”

  • ECO
  • 2 Março 2017

O presidente do PS questiona a liderança do supervisor da banca. Carlos César diz que o partido está a "refletir" sobre a continuação de Carlos Costa no Banco de Portugal.

Carlos Costa tem condições para continuar à frente do Banco de Portugal? “Estamos a refletir sobre essa matéria”, diz o presidente do PS, pondo em causa a permanência do governador na liderança do banco central português. Isto depois de a SIC ter transmitido uma reportagem sobre a queda do Banco Espírito Santo (BES) e a atuação do Banco de Portugal.

O Diário de Notícias avança que Carlos César questionou a liderança do governador do Banco de Portugal. “Estamos a refletir sobre essa matéria”, disse o presidente do partido socialista. Declarações feitas depois de a SIC ter transmitido uma reportagem sobre a falência do BES. Nesta peça é revelado que em novembro de 2013 — nove meses antes da resolução do banco — circulava no banco central um documento que sugeria que seria preciso afastar Ricardo Salgado da administração do BES.

Carlos César disse também, segundo o jornal, que “não há qualquer dúvida que houve falhas muito significativas de supervisão“, reiterando o que já tinha sido dito pelo partido durante a resolução e a comissão de inquérito à queda do banco.

O Banco de Portugal emitiu um comunicado para prestar “esclarecimentos” no âmbito da reportagem da SIC que garante que o governador Carlos Costa sabia da falência do BES 17 meses antes do momento do colapso.

De acordo com o comunicado do banco liderado por Carlos Costa, a instituição “não dispunha de factos demonstrados que — dentro do quadro jurídico então aplicável e atenta a jurisprudência dos tribunais administrativos superiores — permitissem abrir um processo formal de reavaliação de idoneidade dos administradores em causa”, lê-se.

Comentários ({{ total }})

Carlos Costa à frente do BdP? “Estamos a refletir”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião