Acionista chinês da TAP negoceia compra de arranha-céus em Nova Iorque

  • Lusa
  • 22 Março 2017

A torre, Manhattan's 245 Park Avenue, tem 158.000 metros quadrados e entre os seus inquilinos consta o fundo de investimentos JPMorgan Chase & Co.

O grupo chinês HNA, acionista da TAP através do consórcio Atlantic Gateway e da companhia brasileira Azul, está a negociar a compra de um arranha-céus em Nova Iorque por 2,21 mil milhões de dólares.

O valor, avançado pela imprensa estatal chinesa, seria um dos mais elevados de sempre pago por um edifício em Manhattan, o coração financeiro dos Estados Unidos.

A torre, Manhattan’s 245 Park Avenue, tem 158.000 metros quadrados e entre os seus inquilinos consta o fundo de investimentos JPMorgan Chase & Co.

Com sede na ilha de Hainan, no extremo sul da China, a HNA opera nos setores de aviação, indústria, turismo, logística e financeiro.

O grupo detém indiretamente cerca de 20% do capital da TAP, através de uma participação de 13% na Azul (companhia do brasileiro David Neelman que integra a Atlantic Gateway) e de 7% na Atlantic Gateway.

No ano passado, a firma comprou a distribuidora de tecnologia norte-americana Ingram Micro, por 6.000 milhões de dólares, e acordou pagar 1,3 mil milhões de euros pela Gategroup, a segunda maior empresa de “catering” de aviões do mundo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Acionista chinês da TAP negoceia compra de arranha-céus em Nova Iorque

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião