Carlos Costa garante que Montepio “cumpre rácios prudenciais”

O governador do Banco de Portugal sublinha que "tudo está a ser feito para assegurar a estabilidade do sistema financeiro". E diz que "estamos a ir no bom caminho".

Carlos Costa foi ao Parlamento para prestar esclarecimentos sobre a atuação do Banco de Portugal junto do Grupo Espírito Santo, mas o PSD escolheu o momento para questionar o governador sobre a situação do Montepio. Carlos Costa garantiu apenas que o banco cumpre os rácios prudenciais e que “tudo está a ser feito para assegurar a estabilidade do sistema financeiro“.

“O Banco de Portugal está a acompanhar a situação do Montepio?”, perguntou o social-democrata Carlos Silva. “O Banco de Portugal é o supervisor da Caixa Económica, não se pronuncia sobre nenhuma instituição em particular, a não ser para dizer que a Caixa Económica cumpre os rácios prudenciais que foram estabelecidos”, respondeu o governador.

Carlos Silva insistiu, perguntando se Carlos Costa tem alguma informação se o Governo está a acompanhar a situação do Montepio Geral Associação Mutualista, a única acionista da Caixa Económica. “Tudo está a ser feito para assegurar aquilo que é o objetivo último, que é a estabilidade do sistema financeiro. E estamos a ir no bom sentido”, assegurou o governador, escusando-se a falar na associação.

A supervisão da associação está fora do âmbito da entidade liderada por Carlos Costa. É da responsabilidade do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, pasta que pertence a Vieira da Silva. Recentemente, o ministro admitiu que está a ser estudada a mudança da tutela da Associação Mutualista Montepio.

“Essa dimensão está a ser estudada pelo ministérios responsáveis e quando o Governo tiver que tomar uma decisão tomará essa decisão, se for necessário haver alguma mudança“, disse o governante, na mesma altura em que garantiu que os produtos financeiros comercializados pela associação “são fiscalizados e acompanhados pelo Ministério do Trabalho”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Carlos Costa garante que Montepio “cumpre rácios prudenciais”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião