Haitong faz aumento de capital de 419 milhões

O ex-BESI voltou a registar prejuízos avultados. Perante estas contas negativas, o Haitong vai ter um aumento de capital em duas fases.

O Haitong vai fazer um aumento de capital. Perante os prejuízos de quase 100 milhões de euros, a Haitong Securities Company Limited vai injetar 339 milhões de euros no ex-BESI. Além disso, serão convertidos títulos em capital que permitirão reforçar a instituição num total de 419 milhões.

A Haitong Securities Company Limited, empresa dominante do Haitong Bank, divulgou as suas contas consolidadas em Xangai e Hong Kong. E, de acordo com o comunicado enviado à CMVM, “essas contas incluem perdas líquidas atribuíveis ao acionista de 96 milhões de euros, relacionadas com os resultados do Haitong Bank”.

Assim, a casa mãe decidiu avançar com um aumento de capital em duas fases: vai injetar capital, mas também avançar com a conversão de um instrumento financeiro que permitirá elevar os rácios da instituição portuguesa que é, agora, liderada por Hiroki Miyazato.

“A Haitong Securities Company Limited aprovou a subscrição de um aumento de capital de 339 milhões de euros no Haitong Bank, S.A., assim como a conversão em capital social de um instrumento financeiro subordinado de 80 milhões de euros (elegível para fundos próprios adicionais de nível Tier 1), sujeitas às aprovações regulamentares requeridas”.

O Haitong Bank é o antigo BESI, do Grupo BES. Foi comprado em 2014 pela Haitong Securities Company Limited por uma soma de 379 milhões de euros, mantendo-se José Maria Ricciardi à frente da instituição até ao final do ano passado. José Maria Ricciardi saiu depois de divergências com o presidente do Conselho de Administração, Hiroki Miyazato, que passou a acumular as funções de CEO.

O banco iniciou este mês um plano denominado Haitong Bank 2025, que “aposta claramente nos mercados emergentes e na sua estreita relação com a China, bem como no crescente reforço da capacidade de distribuição dos seus produtos financeiros através das suas principais plataformas, sendo estas, Londres, Nova Iorque e Xangai”. Este plano prevê a saída de colaboradores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Haitong faz aumento de capital de 419 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião