Entregar declaração ao TC? É uma remoção de uma liberdade pessoal

O presidente da Euronext fez parte da equipa de António Domingues à frente à da CGD. Saiu, mas não entregou a declaração ao Tribunal Constitucional. Nem vai entregar.

Paulo Rodrigues da Silva saiu da Caixa Geral de Depósitos (CGD) para a liderança da Euronext Lisboa. Fez parte da equipa de António Domingues, mas foi um dos que não entregou a declaração ao Tribunal Constitucional (TC). Nem vai entregar. Diz que é uma “remoção da liberdade pessoal”.

“Aceitei ser administrador da CGD no entendimento de não ser gestor público”, diz. Com isso não havia nem ” limitação salário, nem a obrigatoriedade de entrega declaração de rendimentos e património”, mas “isso mudou”, disse num encontro com jornalistas na Euronext Lisboa.

No momento em que as condições foram alteradas, diz, sem perceber o porquê, “eu e os meus colegas decidimos sair”. Saiu toda a equipa sendo substituída pela administração agora liderada por Paulo Macedo.

"Aceitei ser administrador da CGD no entendimento de não ser gestor público.”

Paulo Rodrigues da Silva

Presidente da Euronext Lisboa

Seis dos antigos administradores, entre os quais está António Domingues, entraram a declaração ao TC, mas Paulo Rodrigues da Silva não. “A transparência é boa, mas eu entreguei internamente ao Ministério das Finanças. Entregamos todos”. Só não o fez no TC.

“No TC, a declaração fica disponível para todas as pessoas”. E fica na internet para sempre. “Do meu ponto de vista pessoal é uma remoção de garantia de liberdade pessoal”, algo da qual não está disposto a prescindir. “Não estou disposto a fazer isso”, remata.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Entregar declaração ao TC? É uma remoção de uma liberdade pessoal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião