Políticas sociais no primeiro debate pós venda do Novo Banco

  • Lusa
  • 12 Abril 2017

Numa altura em que a venda do Novo Banco continua a ser tema na agenda política, o Governo olha para as políticas sociais. As reformas, bem como a CGD, também estarão no debate quinzenal.

“Políticas sociais” foi o tema escolhido pelo primeiro-ministro, António Costa, para abrir o debate quinzenal de hoje no parlamento, o primeiro desde a venda do Novo Banco.

Além da venda do Novo Banco à Lone Star, os partidos deverão ainda confrontar o primeiro-ministro com outros temas, tendo o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa já prometido voltar a questionar António Costa sobre as reformas de pessoas com 40 anos ou mais de descontos.

Este será o primeiro debate quinzenal desde a venda do Novo Banco, anunciada no dia 31 de março.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, já respondeu sobre a matéria em plenário da Assembleia da República, num debate de atualidade no dia 5 de abril, quando foi confrontado com críticas dos partidos da oposição, mas também dos partidos que apoiam o Governo.

O PSD tem insistido em desafiar o Governo a esclarecer as dúvidas que considera persistirem sobre o negócio. BE e PCP têm, por seu turno, insistido na ideia da nacionalização daquele banco.

O último debate quinzenal decorreu a 22 de março e foi dominado pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) e também pelo consenso em torno da condenação de todos os partidos às declarações do presidente do Eurogrupo, o ministro holandês das Finanças, Joeren Dijsselbloem, que, numa entrevista, criticou os países do sul que gastam o dinheiro em “mulheres e álcool” e depois pedem ajuda.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Políticas sociais no primeiro debate pós venda do Novo Banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião