5 coisas que tem de saber antes de abrirem os mercados

O dia ficará marcado pela reação dos mercados às presidenciais em França. Por cá, os mutualistas reúnem-se para votarem a transformação do Montepio em sociedade anónima.

Os franceses foram às urnas no domingo, para votar a primeira volta das eleições presidenciais, e as bolsas vão reagir esta manhã. Por cá, é dia de estatísticas do Banco de Portugal e os mutualistas reúnem-se em assembleia geral extraordinária para votar a transformação da Caixa Económica Montepio Geral em sociedade anónima, abrindo a porta à entrada de novos acionistas. Lá fora, o Eurostat publica os dados provisórios dos défices dos países da União Europeia.

Mercados reagem às eleições em França

Emmanuel Macron e Marine Le Pen são os dois candidatos que o eleitorado francês escolheu para passarem à segunda volta das eleições presidenciais. Os primeiros dados apontam para uma boa reação dos mercados: o euro atingiu um máximo de cinco meses e a bolsa de Tóquio também abriu em alta. “Este é o cenário perfeito pelo qual o mercado ansiava desesperadamente”, diz Sebastien Galy, um estratega do Deutsche Bank AG em Nova Iorque, citado pela Bloomberg.

Mutualistas votam abertura de capital do Montepio

A Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG) realiza hoje uma assembleia geral extraordinária na qual os mutualistas irão votar a transformação da Caixa Económica Montepio Geral em sociedade anónima, possibilitando a abertura de capital do banco a outras entidades. A mudança para sociedade anónima já foi aprovada em assembleia-geral da Caixa Económica, faltando agora a luz verde da Associação Mutualista, única acionista do banco. A assembleia extraordinária decorre às 20h00, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

Banco de Portugal publica boletim estatístico

Ainda no campo das estatísticas, o Banco de Portugal publica a última edição do boletim estatístico. Entre outros dados, vai ser possível conhecer a evolução do volume de aplicações nos instrumentos de poupança do Estado. Em fevereiro, o Estado conseguiu financiar-se em 211 milhões de euros com os produtos dirigidos ao retalho, sobretudo graças aos Certificados do Tesouro Poupança Mais. O Banco de Portugal revela ainda os números do endividamento financeiro, relativos a fevereiro, bem como os empréstimos a particulares e sociedades não financeiras.

Como vão as contas públicas europeias?

O Eurostat divulga os dados preliminares relativos ao défice e à dívida pública que os países da União Europeia registaram no ano passado. Os dados são divulgados numa altura em que Portugal antecipa a saída do Procedimento por Défices Excessivos (PDE), depois de ter sido anunciado que o défice das administrações públicas em 2016 foi de 2%, o mais baixo da história da democracia portuguesa.

E a confiança das empresas alemãs?

O Ifo Institute revela a evolução do índice de confiança das empresas alemãs. O índice que mede a confiança dos empresários da maior economia da Europa tem vindo a evoluir de forma positiva nos primeiros três meses de 2017, atingindo máximos em março. Os analistas consultados pela Bloomberg antecipam que a tendência positiva vai manter-se em abril.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que tem de saber antes de abrirem os mercados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião