BCP: Acionistas aprovam novos administradores da Fosun

  • Rita Atalaia
  • 10 Maio 2017

Os acionistas do BCP aprovaram as contas do banco, mas também a nomeação de dois novos administradores indicados pela Fosun. Isto numa assembleia-geral que contou com uma representação de 54,1%.

Os acionistas do BCP aprovaram em assembleia-geral a nomeação de dois novos administradores que foram indicados pela Fosun. Para além disso, deram luz verde às contas do banco e à política de remuneração. Isto num encontro que contou com uma representação de 54,14% dos acionistas da instituição financeira liderada por Nuno Amado.

“Foi aprovada a designação de dois novos administradores: Lingiang Xu como vogal não executivo do conselho de administração do BCP e João Nuno de Oliveira Palma [antigo administrador financeiro da Caixa Geral de Depósitos, na equipa de José de Matos] como vogal executivo do conselho de administração do BCP“, lê-se no comunicado que o banco enviou à CMVM. Estes dois novos administradores foram indicados pela Fosun.

Estas nomeações acontecem depois de os chineses terem reforçado a sua posição no aumento de capital do BCP. A Fosun passou a controlar 23,9% da instituição liderada por Nuno Amado, ficando com autorização para chegar ao patamar dos 30%.

Para além de darem luz verde à entrada dos novos administradores, foi ainda aprovada a política de remuneração dos membros dos órgãos de administração e de fiscalização. Mas também o relatório de gestão, o balanço e as contas individuais e consolidadas, relativos ao exercício de 2016. No ano passado, o banco conseguiu resultados líquidos positivos. O banco liderado por Nuno Amado fechou 2016 com lucros de 23,9 milhões de euros.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

BCP: Acionistas aprovam novos administradores da Fosun

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião