Novo recorde para a bitcoin. Já vale mais de 1.800 dólares

Moeda virtual continua em alta. Em dois dias, valorizou mais de 100 dólares para um novo recorde com o otimismo dos investidores em torno da tecnologia que está por detrás da bitcoin, a blockchain.

A bitcoin continua o seu rally virtual. Em apenas dois dias, a principal moeda digital do mundo valorizou 100 dólares. Hoje atingiu um novo recorde acima dos 1.800 dólares, alimentada pelas perspetivas em relação ao futuro da tecnologia blockchain que está por detrás da bitcoin — assim como das outras divisas virtuais.

Depois de superar na terça-feira a fasquia dos 1.700 dólares pela primeira vez, o preço para comprar uma bitcoin atingiu esta quinta-feira 1.892 dólares na plataforma plataforma BitStamp. A última transação deixava a moeda digital a valer 1.849 dólares.

Bitcoin perto dos 1.900 dólares

Fonte: Bloomberg (valores em dólares)

Grande parte desta valorização da bitcoin tem a ver com o recente aumento da procura por outras moedas digitais que estão a ser vendidas em operações chamadas initial coin offerings ou ICO. Através destas ICO, muitas startups que usam a mesma tecnologia blockchain que está por detrás da bitcoin levantam capital sem necessidade de uma supervisão do regulador.

De acordo com a Smith + Crown, pelo menos 40 startups realizaram ICO este ano, o que tem alimentado a procura pela principal moeda virtual.

Temos um influxo de novo capital no mercado e esse capital vai e volta entre os criptoativos e bitcoin”, refere Chris Burniske, da ARK Invest, citado pela Reuters. “A bitcoin continua a ser a principal fornecedora de liquidez no mercado e os investidores utilizam-na para comprar outros ativos digitais”, salientou este responsável.

"Temos um influxo de novo capital no mercado e esse capital vai e volta entre os criptoativos e bitcoin. A bitcoin continua a ser a principal fornecedora de liquidez no mercado e os investidores utilizam-na para comprar outros ativos digitais.”

Chris Burniske

ARK Invest

Esta semana, um membro da Reserva Federal norte-americana veio salientar a importância da blockchain no futuro do setor financeiro. “A blockchain e a tecnologia subjacente são provavelmente mais interessantes e tem mais potencial do que talvez bitcoin por si só”, revelou Neel Kashkari, presidente da Reserva Federal de Minneapolis.

Comentário que surge numa altura em que vários países procurar criar enquadramentos legais no sentido de tornar as moedas digitais como método de pagamento. O Japão foi um dos últimos países a legalizar as criptomoedas como meio de pagamento, abrindo a porta à negociação das bitcoin com ienes. Também a Rússia está a preparar regulação para o mercado cambial digital.

Nos EUA já há propostas para a criação de um ETF que replique o comportamento das bitcoin, o que permitiria alargar a investidores institucionais a aposta nas bitcoin. O regulador do mercado norte-americano rejeitou inicialmente este produto, mas está a rever a sua decisão.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novo recorde para a bitcoin. Já vale mais de 1.800 dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião