V90: Uma carrinha XXL cheia de estilo

A topo de gama da marca sueca impressiona em mais do que um sentido. É o tamanho, XXL, mas não só. O R-Design faz virar muitas cabeças por onde a V90 passa.

A Volvo V90 impressiona em mais do que um sentido. O primeiro é óbvio: a dimensão. É uma carrinha que “nunca mais acaba”… Uma característica a que ninguém passa despercebido, seja quem está ao volante, sejam os muitos curiosos que voltam a cabeça de cada vez que ela passa. É o tamanho, mas também o look encorpado de uma carrinha sueca que se enche de estilo a versão R-Design.

As fotografias falam por si — veja a fotogaleria em baixo –, mas os números também ajudam a perceber do que se está a falar: são quatro metros e 93 centímetros de comprimento, 1,88 metros de largura (parece que há estradas onde não cabe), mas apenas 1,47 metros de altura. E com uma distância ao solo tão curta que parece colada ao chão. É uma carrinha, é verdade, mas não envergonha junto de muitos automóveis ditos desportivos.

Com as jantes de 18 polegadas pintadas de preto, e com uma pintura Branco Cristal Inscription (custa 1.637 euros), ninguém lhe fica indiferente — nesta versão R-Design com um preço que arranca nos 58.177 euros, mas chega aos 72.256 com alguns extras. Os faróis com o T ajudam a completar o look mais racing que é confirmado pelo motor 2.0 a gasóleo de 190 cv. Parece um bloco pequeno para o volume que tem de puxar, mas é puro engano. Mexe-se e bem. E a caixa automática de oito velocidades ajuda muito.

Há sempre potência disponível para impulsionar as 2,3 toneladas, seja no arranque (especialmente no modo de condução Dynamic em detrimento da Comfort), seja em qualquer recuperação que seja necessário fazer, nomeadamente em autoestrada. Claro que há um custo: os consumos. Consegue-se fazer médias em torno dos seis litros aos 100 km, mas uma condução um pouco mais desprendida atiram os consumos para outros patamares. Compensa, no entanto, pela diversão que proporciona.

O tamanho XXL da V90 não atrapalha muito no dia-a-dia, mesmo em cidade, já que a brecagem ajuda bastante a contornar obstáculos (ainda que os sensores não parem de disparar). Em andamentos mais rápidos, e em curva, sente-se o volume, mas é facilmente corrigida qualquer trajetória incorreta. Há ajudas para tudo na condução, mas também muitos sinais de alerta para garantir a segurança de quem conduz (o head up display de grandes dimensões é muito útil) e de quem viaja a bordo da carrinha. E há mais: o ecrã vertical no centro do tablier tem rádio, navegação, configurações do automóvel e apps para utilizar a internet.

Espaço é coisa que não falta. E conforto também não… Os bancos desportivos em pele e Alcântara são bastante confortáveis — nota para o pormenor da bandeira sueca no assento do pendura. Seguram bastante bem os ocupantes da dianteira. Atrás, a qualidade mantém-se, com a vantagem de haver espaço para tudo: pernas, ombros… Tudo. E até se pode olhar para as estrelas através do teto panorâmico que nos dias de maior calor abre para deixar entrar o ar da primavera.

Tudo isto para os passageiros, mas há ainda mais espaço para a bagagem quando parte em viagem. A bagageira de abertura automática (seja com um toque no botão da mala, seja na chave) facilita o acesso a 560 litros. E se faltar espaço, alguns toques nos botões e lá vão os bancos traseiros. Passa para 1.300 litros de carga. Dá para levar quase a “casa (toda) às costas”. Mas sempre com muito estilo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

V90: Uma carrinha XXL cheia de estilo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião