Supremo Tribunal Federal abre inquérito contra Michel Temer

  • Lusa e ECO
  • 18 Maio 2017

Em causa está uma denúncia feita pelos donos da empresa brasileira JBS, que revela que Temer terá autorizado um suborno ao ex-deputado Eduardo Cunha, preso por corrupção.

O juiz Edson Fachin, relator dos casos de corrupção da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou esta quinta-feira a abertura de um inquérito contra o Presidente do Brasil, Michel Temer. A informação foi divulgada pelo portal brasileiro de notícias G1.

O pedido foi feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR) com base numa denúncia feita pelos donos da JBS, os empresários Joesley Batista e Wesley Batista, que gravaram uma conversa com o Chefe de Estado na qual Temer terá, supostamente, dado aval para o pagamento de suborno ao ex-deputado Eduardo Cunha, preso por envolvimento nos casos de corrupção da Petrobras.

Temer passa, assim, a estar formalmente sob investigação no âmbito da Lava Jato. Segundo a Constituição brasileira, o Presidente do país só poderá ser investigado por atos cometidos durante o exercício do mandato e com autorização do STF. Os factos denunciados por Joesley Batista já terão ocorrido durante a legislatura, em março deste ano.

Esta tarde, por volta das 20h00 (hora de Lisboa), Michel Temer tem agendada uma comunicação ao país.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Supremo Tribunal Federal abre inquérito contra Michel Temer

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião