Desemprego fica nos 9,8% em abril

Em fevereiro, a taxa de desemprego fixou-se, pela primeira vez desde 2009, abaixo dos 10%. Em março e abril, voltou a cair, para 9,8%.

A taxa de desemprego fixou-se nos 9,8% em março, o valor mais baixo desde fevereiro de 2009, confirmou, esta terça-feira, o Instituto Nacional de Estatística (INE). Para abril, as estimativas provisórias apontam para que a taxa se mantenha inalterada neste valor.

O INE confirma assim os dados provisórios que tinha divulgado há um mês. Ao todo, havia 503,6 mil pessoas desempregadas em março, o que representa uma diminuição de 0,9% face ao mês anterior. Já a população empregada fixou-se em 4.649.500 pessoas, um aumento de 0,4% face a fevereiro.

Em abril, a taxa de de desemprego deverá ter ficado inalterada nos 9,8%, apontam as estimativas provisórias do INE. Contudo, a população desempregada deverá aumentar ligeiramente, para 503,7 mil pessoas. Ao mesmo tempo, a população empregada também deverá recuar, para um total de 4.646.200 pessoas.

Portugal mantém, assim, a tendência de redução do desemprego que mantém desde fevereiro deste ano, quando conseguiu, pela primeira vez desde 2009, uma taxa de desemprego mensal inferior a 10%. O Governo já fez saber que espera que a taxa de desemprego se mantenha abaixo dos 10% este ano, graças a uma evolução “muito positiva” que irá verificar-se ao longo de todo o ano, com uma “forte criação de emprego”.

Feitas as contas, a taxa de emprego deverá ser de 59,6% tanto em março como em abril. Em fevereiro, tinha sido de 59,4%.

Entre os jovens, o desemprego recuou em março, mas deverá voltar a aumentar novamente em abril. Em março, a taxa de desemprego dos jovens situou-se nos 22,9%, uma quebra face aos 24,3% registados em fevereiro. Contudo, para abril, o INE prevê que a taxa de desemprego entre os jovens seja de 23,7%.

Comentários ({{ total }})

Desemprego fica nos 9,8% em abril

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião