Montepio dispara 46%. Fixa máximos de mais de um ano

As unidades de participação do banco registaram uma forte valorização. Os títulos aceleraram durante a negociação, terminando o dia com uma valorização de 46%.

O Montepio disparou em bolsa. Os títulos do banco liderado por Félix Morgado chegaram a perder valor durante a sessão, mas inverteram, chegando a apresentar uma valorização máxima de 46% no fecho da negociação que atirou as unidades de participação para máximos de mais de um ano. A CMVM pediu explicações ao banco, mas não há factos relevantes a comunicar ao mercado.

As unidades de participação da Caixa Económica Montepio Geral chegaram a apresentar uma queda de 3,54% durante a parte inicial da sessão, mas por volta da hora de almoço os títulos começaram a valorizar. Subidas de cotação acentuadas apoiadas em negócios com algum volume que levaram as unidades até aos 62 cêntimos. Terminaram a sessão com uma valorização de 46,23%.

Os títulos estão máximos de 21 de março de 2016, ou seja, mais de um ano. Foram negociadas 217 mil unidades de participação, ligeiramente acima da média diária habitual.

A forte subida fez acionar o mecanismo que interrompe automaticamente a negociação sempre que se registam variações superiores a 10% face ao valor de início da sessão. Assim, durante a parte final da sessão assistiu-se a um congelamento dos negócios de dois em dois minutos, disse fonte oficial da Euronext ao ECO. A CMVM, contactada, revela que pediu informações ao banco mas que não há nada a anunciar. O Montepio diz que “é o mercado a funcionar”.

O banco vai passar a ser uma sociedade anónima. No âmbito deste processo que visa separar a instituição da Associação Mutualista Montepio Geral, as unidades de participação que representam o capital vão ser convertidas em ações. Esse processo não está, no entanto, ainda em andamento. Não foi comunicado ainda nada à gestora da bolsa. Ainda falta fazer o registo da conversão.

(Notícia atualizada às 16h36 com a valorização no fecho da sessão)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Montepio dispara 46%. Fixa máximos de mais de um ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião