Sindicato: Contribuintes não deixaram IRS para o último dia

  • Cristina Oliveira da Silva
  • 31 Maio 2017

Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos diz que a entrega da declaração decorre sem perturbações e não antecipa problemas.

Hoje é o último dia para entregar o IRS e, para já, o processo decorre sem problemas, diz o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos (STI) ao ECO. Até porque desta vez muitos contribuintes não deixaram a entrega para o último dia, afirmou Paulo Ralha.

Ao contrário de anos anteriores, a entrega da declaração de IRS avança sem perturbações e assim deverá continuar, frisa o dirigente. Por isso mesmo, o STI não vai pedir o alargamento do prazo. “Este ano, os contribuintes não deixaram a entrega para o último dia” e “está tudo a correr bem”, o que, para Paulo Ralha, é “surpreendentemente positivo”.

 

Este ano, pela primeira vez, há apenas um prazo de entrega para todos os tipos de rendimentos: começou a 1 de abril e termina a 31 de maio. O Ministério das Finanças já tinha dito que não está a ponderar alterar os prazos. Quem se atrasar, fica sujeito a coimas.

Outra novidade é o IRS Automático. Há contribuintes que têm acesso a uma declaração pré-preenchida, pronta a validar. E mesmo que não façam nada, a declaração é considerada entregue. No entanto, é preciso estar atento a eventuais erros de preenchimento, que devem ser corrigidos, ja que também podem gerar contraordenação. Os contribuintes abrangidos pelo IRS Automático podem ainda avançar com uma declaração de substituição nos 30 dias seguintes à liquidação, sem penalizações.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Sindicato: Contribuintes não deixaram IRS para o último dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião