Santa Casa pode ficar com 10% do banco Montepio

Marques Mendes, no seu comentário semanal na SIC, diz que “é muito provável que a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa entre no capital do Montepio”.

A forte valorização das unidades de participação da Caixa Económica Montepio Geral, que chegaram aos 95 cêntimos, foi um dos temas que marcou a semana nos mercados financeiros em Portugal.

No seu comentário na SIC, Marques Mendes revela que “é muito provável que a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa entre no capital do Montepio”, não da Associação Mutualista, mas do banco Caixa Económica Montepio Geral.

O comentador afirma que, a acontecer este cenário, “a participação poderá chegar a 10%”, acrescentando que, ao longo desta semana, Pedro Santana Lopes, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, deverá ter uma reunião com Manuel Lemos, o Presidente da União das Misericórdias, no sentido de aferir a possibilidade de outras instituições de cariz social poderem também entrar no capital do banco.

Marques Mendes refere ainda que os “órgãos de soberania estão empenhados” nesta solução.

O Público já tinha noticiado que os responsáveis da Santa Casa de Lisboa e do Montepio estiveram reunidos com o Banco de Portugal para discutirem os termos de uma parceria. O Expresso noticiou ainda que o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, estará a pressionar Pedro Santana Lopes para que este dê luz verde à entrada da instituição no capital do Montepio Geral.

Depois de uma semana de subidas e correções acentuadas na bolsa, as unidades de participação da Caixa Económica Montepio Geral fecharam nos 65 cêntimos, amealhando um ganho acumulado de 55%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Santa Casa pode ficar com 10% do banco Montepio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião