Trump quer evitar protestos e adia visita ao Reino Unido

  • ECO
  • 11 Junho 2017

Trump ligou a Theresa May e disse que não quer visitar o Reino Unido enquanto houver protestos.

O presidente norte-americano disse a Theresa May que não quer visitar o Reino Unido enquanto existirem protestos de grande dimensão. De acordo com o jornal britânico The Guardian, Donald Trump deixou esta mensagem a May num contacto telefónico feito nas últimas semanas, e a viagem está agora em suspenso.

Porém, o gabinete de Theresa May já afirmou que não houve qualquer alteração nos planos desta visita de estado, avança por seu turno a agência Reuters. Recusando comentar aquilo que diz ser “especulação” sobre conteúdos de conversas telefónicas “privadas”, o gabinete adiantou que “a rainha dirigiu um convite ao presidente Trump e não há alteração a esses planos”.

A visita foi acordada em janeiro, quando Theresa May se deslocou a Washington. Não ficou agendada qualquer data embora a imprensa britânica apontasse para outubro, diz a Reuters.

Recentemente, Trump viu-se envolvido em mais uma polémica, depois de ter criticado — citando erradamente — o presidente da câmara de Londres, Sadiq Khan, pela sua resposta aos ataques na London Bridge e no Borough Market. Khan chegou mesmo a pedir ao governo britânico para cancelar a visita de Trump.

 

Comentários ({{ total }})

Trump quer evitar protestos e adia visita ao Reino Unido

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião